O Brasil é um dos países que mais consomem medicamentos no mundo. Em 2019, o país ocupou a 10ª posição do ranking. Mas fica a questão: Você descarta corretamente os medicamentos? Sabe como e onde descartá-los? 

A Prefeitura de Quatis, através da Secretaria Municipal de Sustentabilidade e Ambiente, vem trazer um pouco mais sobre essa conscientização à população, com o intuito de reforçar a importância da destinação adequada dos resíduos e contribuindo para o equilíbrio ecológico no meio ambiente. 

 

O descarte incorreto de medicamentos ocasiona a contaminação do solo e da água, provocando alterações nos ecossistemas e gerando mais custos para o seu tratamento, causando grandes riscos à saúde humana. O descarte de medicamentos vencidos ou em desuso deve ser feito em pontos de coleta específicos. No município de Quatis, estes materiais, até mesmo os medicamentos utilizados em animais domésticos, devem ser destinados aos postos de saúde, localizados nos bairros, onde a equipe da unidade poderá encaminhar todo o material descartado para uma localidade ambientalmente correta. 

 

Então, fica a dica: 

 

  1. O consumidor não deve retirar o produto da embalagem primária, aquela em contato direto com o medicamento. Exemplo: a embalagem primária de medicamentos líquidos, é o frasco de vidro ou plástico; os comprimidos, é o blister de alumínio;

 

  1. As embalagens secundárias, as bulas e as caixinhas de papelão, também podem ser descartadas com os medicamentos nos pontos de coleta; 

 

  1. No caso dos perfurocortantes, como seringas e agulhas, elas devem ser entregues ao Hospital São Lucas, no centro da cidade, ou no posto de saúde do bairro. Uma dica importante: armazená-los em garrafas pet com tampa para evitar acidentes. 

 

Para maiores informações ou solicitações, basta entrar em contato com a Secretaria de Sustentabilidade e Ambiente pelo telefone (24) 3353-2918, ramal 1027. 

Comentários do Facebook

Comments are closed.