A Prefeitura de Quatis, através da Secretaria Municipal de Infraestrutura (SMI) anunciou ontem (16) em uma live em sua página oficial no Facebook, o Projeto Mãos à Obra. O objetivo do projeto é otimizar os serviços públicos realizados pela Secretaria de Infraestrutura nos bairros do município. O projeto vai atender os pedidos de moradores e analisar os principais pontos de cada bairro que precisam passar por melhorias e reformas. A cada período, entre uma ou duas semanas, a equipe da secretaria vai estar em um bairro da cidade realizando todos os serviços oferecidos, como: tapa buraco, hidrojateamento, iluminação pública, limpeza urbana, limpeza e manutenção de bueiros e limpeza de hidrômetros, entre outros serviços solicitados pelos moradores. 

 

Para dar início ao projeto, o primeiro bairro que vai receber a ação é o bairro Santa Bárbara. A equipe vai utilizar uma tenda para receber os munícipes que residem no bairro, atendendo hoje e amanhã, dia 17 e 18 de março. E já na próxima segunda-feira, dia 21, será iniciado os serviços de infraestrutura, colocando em ação as demandas solicitadas. 

 

“Esse projeto consiste na otimização e no aglutinamento do serviço da Secretaria de Infraestrutura. Vamos atender bairro por bairro, seguindo o cronograma e avisando a população dos dias do projeto em cada bairro. Vamos começar primeiro no bairro Santa Bárbara, no Alto das Quaresmeiras, onde a demanda é maior e onde há alguns problemas que a gente já vem tentando resolver, por problemas de infraestrutura, e que agora, podemos dar mais atenção a essa região com a chegada do projeto.” – afirma o prefeito de Quatis, Aluísio d’Elias. 

 

De acordo com a prefeitura, o objetivo também é implementar o projeto, de forma que a população também se sinta incluída em toda a ação da gestão. “Este projeto é de extrema importância para a população. Vamos levar a nossa Secretaria de Infraestrutura para mais perto dos munícipes, para que juntos, possamos transformar a nossa cidade e trazer melhorias para os moradores. Eles merecem, e também precisam fazer parte disso.” – disse o secretário de Infraestrutura, Israel Cunha.

Comentários do Facebook

Comments are closed.