windows 10 pro office 2019 pro office 365 pro windows 10 home windows 10 enterprise office 2019 home and business office 2016 pro windows 10 education visio 2019 microsoft project 2019 microsoft project 2016 visio professional 2016 windows server 2012 windows server 2016 windows server 2019 Betriebssysteme office software windows server https://softhier.com/ instagram takipçi instagram beğeni instagram görüntüleme instagram otomatik beğeni facebook beğeni facebook sayfa beğenisi facebook takipçi twitter takipçi twitter beğeni twitter retweet youtube izlenme youtube abone instagram

O produtor rural de Quatis tem até o dia 30 de novembro para vacinar o seu rebanho contra a febre aftosa, válida pela segunda fase do programa de imunização animal no estado. e continuar com a permissão para comercializar os produtos de origem animal da sua propriedade. Segundo a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural a imunização tem o objetivo de atender o planejamento estratégico elaborado pelo Governo do Estado de alcançar no mínimo 90% do índice de vacinação e com isso obter o certificado de área livre de febre aftosa, sem vacinação, concedido pelo Ministério da Agricultura e chancelado posteriormente pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE).

De acordo com o diretor de Agricultura da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural, Rogério de Abreu Torres, a vacinação é obrigatória e os produtores que não apresentarem o certificado de vacinação às autoridades sanitárias do Município poderão ser impedidos de comercializar o gado e os produtos derivados do rebanho, principalmente, leite e carne.

– Os próprios produtores rurais são responsáveis pela imunização dos seus respectivos animais. Nesta etapa, todos os animais, independente da idade, deverão ser vacinados. As doses de vacinas devem ser adquiridas em estabelecimentos comerciais da cidade e da região, credenciados pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – explica o diretor.

Após imunizar os animais, os produtores devem apresentar o certificado de  “Declaração de Vacinação e Atualização de Cadastro”, na Secretaria de Desenvolvimento Rural da Prefeitura de Quatis. O atendimento ao público está acontecendo de segunda a sexta-feira, das 9 às 15 horas. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3353-6282.

Penalização

O proprietário rural que não providenciar a imunização do rebanho no prazo determinado terá a propriedade interditada e deverá pagar uma taxa de atualização de rebanho. Para cada cabeça de gado não vacinada, será cobrada uma multa.

Atualmente, segundo dados da Secretaria de Desenvolvimento Rural da Prefeitura de Quatis, o rebanho bovino é formado em Quatis por cerca de 22 mil animais. Já a produção diária de leite se encontra calculada em aproximadamente 30 mil litros.

Comentários do Facebook

Comments are closed.