Sarampo: cobertura em Quatis passa de 90 por cento, mas vacinação continua na cidade

Embora o percentual do público-alvo de Quatis para a vacinação já passe de 90 por cento, a imunização contra o sarampo continua sendo realizada na cidade devido ao risco de um surto da doença em 2020 no território do estado do Rio de Janeiro. Isso significa que, os moradores ainda não imunizados contra o sarampo, devem procurar imediatamente as unidades médicas da rede pública de saúde para receber o medicamento.
Devem ser imunizadas as pessoas na faixa etária de seis meses a 49 anos de idade, sendo que os grupos mais vulneráveis são aquelas com idades de seis meses a quatro anos, e de 20 a 29 anos.
A programação de vacinação contra o sarampo nas unidades médicas de Quatis segue o mesmo calendário de imunização contra a febre amarela, ou seja: segunda-feira (Clínica da Família); terça-feira (Casa da Criança); quarta-feira (posto do Mirandópolis); quinta-feira (posto do Jardim Independência) e sexta-feira (posto do Jardim Pollastri). As unidades médicas funcionam de segunda a sexta-feira, de 8 às 17 horas.
O coordenador do Programa de Imunização da Prefeitura de Quatis, Wendell Monteiro, lembra que, na semana passada, o Governo do Estado do Rio de Janeiro lançou a campanha estadual de intensificação de vacinação contra o sarampo, denominada “RJ Sem Sarampo”. Ele confirma que essa campanha, no âmbito estadual, vai até o dia próximo dia 13 de março.
De acordo com as autoridades estaduais de saúde, caso a meta de 95 por cento não seja alcançada em todos os 92 municípios situados no território fluminense, “o estado poderá registrar mais de dez mil casos neste ano”. No ano de 2019, em todo o território do estado do Rio de Janeiro, foram confirmados 373 casos de sarampo, um número muito maior do que os 20 episódios registrados no ano anterior (2018).
– Felizmente, a cobertura em Quatis passa de 90 por cento, mas o nosso trabalho é no sentido de que o nosso Município e o nosso estado não registre nenhum caso de sarampo, pois uma vida é muito preciosa. E aqui lembramos que essa doença pode levar o paciente ao óbito. Por isso, renovamos o chamado aos moradores de Quatis ainda não imunizados: compareçam à unidade médica mais próxima e receba a dose – destacou Wendell Monteiro.

Comentários do Facebook

Comments are closed.

mersin escort akdeniz escort altinkum escort kizkalesi escort mezitli escort pozcu escort silifke escort susanoglu escort universiteli escort mersin rus escort mersin sinirsiz escort mersin ucuz escort escort mersin konya bayan escort malatya bayan escort mersin bayan escort Skip to content