Quatis abre cadastro para mapeamento artístico e cultural

A Prefeitura de Quatis, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo em parceria com o Conselho de Cultura, de Turismo e de Preservação do Patrimônio Histórico e Ambiental de Quatis, deu início ao Cadastro Artístico Cultural de agentes, trabalhadores, organizações culturais e espaços coletivos da cidade. A iniciativa visa recolher informações necessárias para o desenvolvimento de políticas públicas, auxiliará futuras contratações pelo poder público e irá facilitar o processo de solicitação do auxílio emergencial, previsto na Lei nº 14.017/2020, chamada de Lei Aldir Blanc.

A lei destinará recursos diretos para Estados e municípios para o fomento da cultura local, através de editais, subsídios, além de disponibilizar auxílio a agentes culturais que não receberam benefício do Governo Federal, criado em decorrência da pandemia do Covid-19.

A ficha cadastral pode ser acessada pelo link https://bityli.com/IlnNn

O cadastro para este mapeamento pode ser realizado de forma presencial na Secretaria de Cultura e Turismo, situado na sede da Prefeitura. O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 9 às 15 horas. Outra forma é através do e-mail: quatis.cultur@gmail.com

– Este registro de dados será uma importante ferramenta para a criação do Sistema de Informações e de Indicadores Culturais de Quatis. A perspectiva de entrada de recursos no município para auxílio do setor cultural torna necessário que toda cadeia produtiva cultural se cadastre para que possa ter acesso aos benefícios. É de grande importância o preenchimento deste formulário que, muito mais que um simples cadastro, é um mapeamento cultural do nosso município – explicou a Secretária de Cultura de Quatis, Rosina Porto.

Lei Aldir Blanc

O Governo Federal sancionou a lei que institui auxílio financeiro para o setor cultural brasileiro devido à pandemia de covid-19. O valor será repassado, em parcela única, para estados, municípios e Distrito Federal, responsáveis pela aplicação dos recursos. A Lei nº 14.017/2020, chamada de Lei Aldir Blanc.

O texto prevê o pagamento de três parcelas de um auxílio emergencial de R$ 600 mensais para os trabalhadores da área cultural, além de um subsídio para manutenção de espaços artísticos e culturais, microempresas e pequenas empresas culturais, cooperativas e organizações comunitárias. Esse subsídio mensal terá valor entre R$ 3 mil e R$ 10 mil, de acordo com critérios estabelecidos pelos gestores locais.

Comentários do Facebook

Comments are closed.

çekmeköy escort kartal escort escort mersin escort mersin grup porno alman porno brazzers sex hikayeleri altyazılı porno escort kuşadası escort denizli escort bodrum
Skip to content