Prefeitura de Quatis reforça chamado para dose extra contra o sarampo

A Secretaria Municipal de
Saúde reforçou nesta sexta-feira, dia 23, o chamado aos pais ou responsáveis
pelas crianças de seis meses a um ano de idade para que não deixem de levá-las aos
postos de saúde de Quatis em busca da dose extra da vacina contra o sarampo. A
aplicação desta dose extra, foi recomendada pelo Ministério da Saúde, diante do
crescimento do número de casos da doença confirmados em todo o Brasil, de 19 de
maio a 10 de agosto deste ano. Durante este período, foram registrados 1680
casos em dez estados, a grande maioria no território de São Paulo (1662
pacientes).

        Segundo o coordenador do Programa de Imunização da Prefeitura
de Quatis, Wendell Monteiro, o recebimento da dose extra independe do
calendário nacional de vacinação, que deve ser cumprido rigorosamente, isto é,
o medicamento precisa ser aplicado aos 12 meses (tríplice viral) e 15 meses de
vida do bebê (tetraviral), com intervalo de 30 dias entre a primeira e a segunda
dose. Os moradores nas faixas etárias de um a 29 anos e de 30 a 49 anos também
devem comparecer às unidades médicas do Município em busca da vacinação.

        Em Quatis, a vacina contra o sarampo é aplicada diariamente
na Clínica da Família (bairro Nossa Senhora do Rosário). Já na Casa da Criança (foto),
a imunização acontece na quinta-feira. E nas outras unidades, a vacinação
ocorre nos seguintes dias: segunda-feira (Jardim Independência), Mirandópolis
(quarta-feira) e Jardim Pollastri (sexta-feira).

O
coordenador Wendell Monteiro frisa que a dose extra nos bebês menores de um ano
de idade ocorreu como forma de bloqueio, uma vez que o estado do Rio de Janeiro
se localiza próximo ao estado de São Paulo, onde as autoridades reconhecem
existir um surto de sarampo.

        – Um levantamento da Secretaria de Saúde do Estado do Rio de
Janeiro, divulgado na terça-feira desta semana, dia 20, informa que o
território fluminense, ou seja, em todo nosso estado, já ocorreram 13 casos de
sarampo neste ano. Este número despertou o alerta, pois em 2018, durante o ano
inteiro, foram constatados 20 casos no nosso estado, daí a importância da dose
de bloqueio e da continuidade do calendário normal de vacinação – disse
Wendell.

        Os sintomas principais do sarampo são os seguintes: mal-estar
constante, febre, tosse e coriza. A doença provoca ainda manchas vermelhas no
rosto, que se espalham pelo resto do corpo, podendo, em alguns casos, levar o
paciente a também ter conjuntivite. O sarampo é transmissível de uma pessoa a
outra, através da fala, do espirro e da tosse. O coordenador de imunização da
Prefeitura de Quatis ressalta que a vacina representa o único meio de prevenção
contra a doença.

       

 

 

        

 

Comentários do Facebook

Leave A Comment

mersin escort akdeniz escort altinkum escort kizkalesi escort mezitli escort pozcu escort silifke escort susanoglu escort universiteli escort mersin rus escort mersin sinirsiz escort mersin ucuz escort escort mersin konya bayan escort malatya bayan escort mersin bayan escort Skip to content