“Ônibus Lilás” estará em Quatis para atender mulheres vítimas da violência

Mulheres vítimas da violência, residentes em Quatis, formam o público-alvo do “Ônibus Lilás”, unidade móvel do Governo do Estado do Rio de Janeiro (foto), que estará na cidade no próximo dia 23 de janeiro, quinta-feira da próxima semana, de 10 às 15 horas, na Praça Getúlio Vargas (praça da igreja matriz), no Centro. O atendimento vai ser gratuito e está sendo viabilizado para o Município através de uma solicitação do deputado estadual Marcelo Cabeleireiro (DC) junto à Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos do Estado. O parlamentar pediu a presença do “Ônibus Lilás” também para outras cidades do sul fluminense.
Durante o atendimento no Município de Quatis, haverá no ônibus uma equipe multidisciplinar formada por uma psicóloga, uma assistente social e uma advogada com o objetivo de ouvir as mulheres vítimas da violência, prestando-lhes as orientações necessárias e adotando os procedimentos cabíveis nos casos apresentados. O “Ônibus Lilás” é formado por cozinha, banheiro e salas climatizadas e fechadas, que garantem a privacidade do atendimento. Em Quatis, o acompanhamento dos serviços estará sob a responsabilidade da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos.
A programação prevê também a emissão gratuita da segunda via de certidão de nascimento, casamento ou de óbito; da averbação em certidões; e da segunda via da carteira de identidade, além da declaração de hipossuficiência (condição do cidadão comprovadamente sem recursos financeiros para o próprio sustento), entre outros documentos. Um total de 210 senhas será distribuído no local. A realização de palestras educativas relacionadas à temática das mulheres vítimas da violência também está prevista na programação do “Ônibus Lilás” na cidade. As palestras acontecerão sob um toldo com capacidade para abrigar 20 pessoas.
O prefeito Bruno de Souza (MDB) destaca a importância da presença da unidade móvel como “mais uma iniciativa que demonstra o compromisso do deputado estadual Marcelo Cabeleireiro com a eficiência dos serviços públicos da administração do Estado em favor dos moradores de Quatis”. O prefeito acrescenta ainda que “o Ônibus Lilás vai fortalecer o atendimento às mulheres vítimas da violência, já prestado pela prefeitura, através do CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social)”. Bruno manifestou também o seu agradecimento ao governador Wilson Witzel pela extensão do serviço ao Município.
– Desde quando assumiu seu mandato, em janeiro do ano passado, na Assembleia Legislativa, o deputado Marcelo Cabeleireiro tem se mostrado um aliado importante de Quatis para que a nossa população possa ser atendida com mais eficiência e rapidez no caso dos serviços públicos de competência do Governo do Estado. Em menos de um ano da atividade parlamentar, ele já esteve na cidade pelo menos três vezes – declarou Bruno de Souza.
Um levantamento da FGV (Fundação Getúlio Vargas) aponta que, no período de janeiro de 2003 a junho de 2017, mais de 28 mil denúncias de crimes contra as mulheres em todo o território fluminense foram registrados, das quais quase dez mil representaram episódios de violência. Já em 2018, segundo a Polícia Militar, ocorreram 71 casos de feminicídio e 288 tentativas deste crime no estado do Rio de Janeiro, sendo que 66 por cento dos episódios aconteceram dentro das residências e 56 por cento tiveram como autores companheiros ou ex-companheiros das vítimas.
A ONU (Organização das Nações Unidas) classifica como crimes contra a mulher “qualquer ato de violência baseado no gênero, que resulte em danos físicos, sexuais, psicológicos ou qualquer outro tipo de sofrimento nas mulheres”. Ameaças, constrangimentos, humilhações, negligência, isolamento, perseguições e chantagens também estão relacionados entre os crimes.

Comentários do Facebook

Comments are closed.

escort mersin konya bayan escort malatya bayan escort mersin bayan escort Skip to content