Maus tratos contra animais será tema de educação ambiental nas escolas da cidade

Os maus tratos contra animais silvestres e domésticos vão ser um dos temas do programa de educação ambiental desenvolvido anualmente pela Prefeitura de Quatis nas escolas municipais, a partir de fevereiro, quando acontecerá o início do ano letivo. As ações de educação ambiental são realizadas sob a coordenação da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, que divulgou nesta quinta-feira, dia 09 de janeiro, o balanço sobre as atividades realizadas em 2019 nas unidades de ensino da cidade com o objetivo de conscientizar os estudantes a respeito de preservar o meio ambiente.
Segundo este relatório, no ano passado, um total de 1.629 estudantes foi atendido com as ações de educação ambiental nas escolas municipais de Quatis (foto). A Escola Municipal Maria Helena Rafael De Elias (Centro) teve o maior número de alunos alcançados por este trabalho de orientação: 360 estudantes, no total, seguida pelo CIEP Municipalizado Marciana Machado De Elias – bairro Nossa Senhora do Rosário (300 alunos), Escola Julieta Sampaio – Centro (288) e Henry Nestlé – São Benedito (188).
As atividades educativas ocorreram também nas escolas Edméa Dulce de Barros Franco (Jardim Independência), Carlos Campos de Faria (Falcão), Anésia Alves de Oliveira (São Joaquim), Irmã Elizabeth Alves (Santana) e Victória dos Prazeres (Jardim Pollastri), além das creches municipais professora Conceição Vieira Pena e professora Adriana de Souza (Santa Bárbara). A creche professora Conceição Vieira também se localiza no Jardim Pollastri. Entre os temas trabalhados junto aos alunos estiveram os seguintes: uso consciente da água, prevenção e combate aos animais peçonhentos, arborização, combate às queimadas e separação de resíduos (lixo).
No que diz respeito aos maus tratos contra animais, um dos temas que serão destacados pela programação de educação ambiental no transcorrer deste ano, a diretora do Departamento de Proteção, Conservação e Recuperação do Meio Ambiente da Prefeitura de Quatis, Jéssica de Almeida Gonçalves, explica que a legislação ambiental, tanto no âmbito da cidade quanto no âmbito federal, estabelece penalidades aos autores das infrações.
As multas estabelecidas pelo Código de Meio Ambiente do Município, por exemplo, variam de três a 15 UFIQ`s (Unidade Fiscal do Município), ou seja, de R$ 91,35 a R$ 453,75 em valores de dezembro do ano passado. Já a Lei de Crimes Ambientais, que é uma legislação federal, prevê penas de três meses a um ano de prisão, podendo se ampliada em um sexto do tempo caso o problema resulte na morte do animal.
– Ao longo de 2020, vamos destacar não só os maus tratos contra animais, mas também outros temas, visando conscientizar os estudantes da rede municipal, que consideramos multiplicadores das orientações junto às suas famílias e as comunidades de uma maneira geral. Estaremos realizando ações educativas também contra o tráfico de animais silvestres e reforçando a função ecológica das árvores, além de dar continuidade aos temas já trabalhados no ano passado – disse Jéssica.
A OMS (Organização Mundial da Saúde) estima que, atualmente, pelo menos 30 milhões de animais domésticos se encontram abandonados no Brasil, sendo 20 milhões de cães e dez milhões de gatos. A mesma instituição estima que, nos municípios de grande porte, existe pelo menos um cachorro abandonado para cada cinco habitantes.
Os principais casos de maus tratos contra animais domésticos e silvestres, segundo os especialistas no assunto, são abandonar, espancar, golpear, mutilar e envenenar; manter preso permanentemente em correntes, em locais pequenos e sem higiene; não abrigá-los do sol, da chuva e do frio; deixar sem ventilação ou luz solar; não dar água e comida diariamente; negar assistência veterinária ao animal doente ou ferido; obrigar a trabalho excessivo ou superior a sua força; capturar animais silvestres; utilizar animal em shows que possam lhe causar pânico ou estresse; promover violência como rinhas de galo e farra do boi, entre outras infrações.

Comentários do Facebook

Comments are closed.

escort mersin konya bayan escort malatya bayan escort mersin bayan escort Skip to content