Lutadora de Quatis conquista 1º lugar em torneio de jiu-jitsu na cidade de São José dos Campos

A lutadora de jiu-jitsu Joana da Silva Mello (na foto, ao centro), 27 anos, que mora no Loteamento Santa Bárbara, em Quatis, ampliou no fim de semana passado, o número de premiações conquistadas em sua carreira. Ela ganhou a medalha de primeiro lugar na categoria faixa branca até 65 quilos (adulto) no Campeonato Challenge BJJ, cuja disputa ocorreu no Tênis Club São José, na cidade paulista de São José dos Campos. Joana tem o apoio da Prefeitura de Quatis, que cede o ginásio poliesportivo do bairro Nossa Senhora do Rosário para a realização dos seus treinamentos semanais.

Promovido pela Liga Vale-Paraibana de Jiu-Jitsu, o campeonato deste fim de semana, em São José dos Campos, teve a participação de pelo menos cem atletas de várias cidades brasileiras. A conquista do primeiro lugar na categoria de Joana ocorreu numa luta com uma atleta do estado do Paraná. Outras cidades da região sul fluminense estiveram representadas no torneio, entre elas, os municípios de Resende e Volta Redonda.

– O Challenge BJJ reuniu atletas de alto nível técnico, e foi muito importante ter participado, representando a cidade de Quatis. Agora, é continuar os treinamentos para disputar outras lutas– declarou Joana, que, só neste ano, alcançou as seguintes vitórias em competições regionais: primeiro lugar no “Prime Jiu-Jitsu Experience Internacional”; primeiro lugar no campeonato sul fluminense; primeiro lugar no Circuito Regional Aberto; e segundo lugar na VR Challenge, as três primeiras ocorridas em Resende, e a outra no Município de Volta Redonda.

A trajetória de Joana da Silva Melo foi destacada, na semana passada, pelo portal de notícias do Globo Esporte, um dos programas esportivos de maior audiência da TV Globo. Em sua entrevista ao portal, a atleta disse que a escolha do jiu-jitsu lhe fez “enxergar o mundo de uma forma diferente”. Ela encontrou no esporte o caminho para superar uma adversidade na vida pessoal:

– No início, não queria levantar da cama quando não tinha treino. Mas saber que tinha o esporte me dava um gás. Me fez correr atrás das conquistas e vieram vitórias atrás de vitórias. A arte (marcial) me ensinou a esquecer os problemas, me fez ter mais força e ir mais longe – afirmou ao portal, acrescentando que, no seu entendimento, “o esporte é uma válvula de salvação até para viver”.

Comentários do Facebook

Comments are closed.

mersin escort akdeniz escort altinkum escort kizkalesi escort mezitli escort pozcu escort silifke escort susanoglu escort universiteli escort mersin rus escort mersin sinirsiz escort mersin ucuz escort escort mersin konya bayan escort malatya bayan escort mersin bayan escort Skip to content