Dia do AVC: Secretaria de Saúde destaca Academia da Saúde e outras ações de prevenção contra a doença

A Prefeitura de Quatis está reforçando nesta semana a divulgação dos serviços preventivos contra o AVC (Acidente Vascular Cerebral), cujo dia mundial de prevenção transcorre nesta terça-feira, 29 de outubro. Dados do Ministério da Saúde mostram que o derrame cerebral, como a doença é conhecida popularmente, mata pelo menos cem mil pessoas por ano no Brasil.

Já no mundo inteiro, o número anual de óbitos chega a 6,5 milhões dos 17 milhões de casos registrados durante o período. O Dia Mundial do AVC foi instituído há 13 anos pela OMS (Organização Mundial da Saúde), através de uma parceria com a Federação Mundial de Neurologia.

A coordenadora de Atenção Básica da Secretaria de Saúde do Município, Fernanda Araújo, lembra que as ações de prevenção em Quatis, acontecem permanentemente nas cinco unidades do Programa Saúde da Família, todas situadas na área urbana da cidade, e nas unidades básicas de saúde dos distritos de Falcão e São Joaquim, ambos na zona rural de Quatis, além da Academia de Saúde (foto), projeto que funciona ao lado do ginásio poliesportivo do bairro Nossa Senhora do Rosário, sempre às terças e quintas-feiras, a partir das 7h30m.

O trabalho de prevenção é realizado ainda durante as  atividades educativas na área da saúde, promovidas em praça pública pela Secretaria Municipal de Saúde, como, por exemplo, o ato realizado semana passada, na Praça Teixeira Brandão, dentro da programação relacionada ao “outubro rosa”, mês no qual as autoridades de saúde reforçam as medidas de prevenção contra o câncer de mama.

A Secretaria de Saúde da Prefeitura de Quatis reforça os sintomas principais do AVC, que são os seguintes: dor de cabeça muito forte, acompanhada de vômitos; fraqueza ou dormência na face, nos braços e nas pernas; paralisia (dificuldade de se movimentar); perda súbita da fala ou dificuldades para se comunicar ou e de ser compreendido; perda da visão ou dificuldades para enxergar; perda do equilíbrio; e tontura.

Por sua vez, segundo ainda a Secretaria Municipal de Saúde, “a hipertensão arterial (pressão alta), diabetes, tabagismo, doenças cardiovasculares, o estresse e o colesterol elevado, além do consumo de bebidas alcoólicas e de drogas ilícitas estão entre os fatores principais que desencadeiam a doença”.

Diante do aparecimento dos sinais do AVC, o SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), cuja ambulância fica baseada no Hospital São Lucas, precisa ser imediatamente acionada, mediante ligação telefônica gratuita para o número 192, de qualquer telefone fixo ou móvel.

– O trabalho de prevenção disponibilizado pela Prefeitura de Quatis começa com o atendimento nas unidades médicas dos bairros Nossa Senhora do Rosário, Mirandópolis, Jardim Independência e Jardim Pollastri, além dos postos de saúde da zona rural, através das consultas médicas, da aferição regular da pressão arterial e do nível da glicose, além de atividades educativas voltadas à orientação sobre o que deve ser feito para reduzir os riscos da doença – declara a coordenadora de atenção básica, Fernanda Araújo.

No caso da Academia da Saúde, conforme destaca a Secretaria Municipal de Saúde, as pessoas atendidas pelo projeto realizam atividades físicas duas vezes por semana, sob a orientação de profissionais do NASF (Núcleo de Apoio à Saúde da Família). Normalmente, as pessoas são encaminhadas por orientação médica a este projeto, cujo funcionamento em Quatis é garantido por meio de uma parceria da prefeitura com o Governo Federal.

O acidente vascular cerebral acontece quando há uma alteração do fluxo de sangue no cérebro. O AVC isquêmico é caracterizado pela  obstrução dos vasos sanguíneos, e representa 85 por cento dos casos, de acordo também com especialistas do assunto. Com relação ao AVC isquêmico, as chances de reversão costumam ser 80 por cento maiores se o atendimento médico ao paciente for realizado no período de uma hora após o aparecimento dos sintomas.

Já as ocorrências de AVC hemorrágico formam 15 por cento dos registros da doença, e normalmente são acompanhados de outros sintomas, como náuseas, vômito, confusão mental e perda da consciência. A gravidade da doença pode ser comprovada também por uma pesquisa da Associação Brasileira de Neurologia, segundo a qual “o número anual de mortes provocadas pelo derrame cerebral supera a quantidade de óbitos provenientes de malária, tuberculose e AIDS, juntas”.

– Os estudos mostram que nove entre dez casos de derrame relacionados aos fatores de risco podem ser prevenidos, daí a importância de uma avaliação médica anual e de algumas providências no dia a dia, aparentemente simples, mas de grande importância, entre elas, não fumar, não consumir bebidas alcoólicas, não usar drogas, manter o peso ideal, praticar atividades físicas regulares, beber bastante água, ter uma alimentação saudável, manter a pressão arterial e a glicose sobre controle rigoroso – frisa a secretária municipal de Saúde, Ana Lúcia Galvão.

 

Comentários do Facebook

Comments are closed.

escort mersin konya bayan escort malatya bayan escort mersin bayan escort Skip to content