Capoeira: projeto apoiado pela prefeitura reúne 250 moradores no CIEP de Quatis

Toda quarta-feira, a partir das 18 horas, o CIEP Municipalizado Marciana Machado De Elias, no bairro Nossa Senhora do Rosário, recebe moradores de diversas faixas etárias, e residentes em vários bairros de Quatis, para as atividades da uma iniciativa que há, cerca de um ano, vem ampliando as condições de inclusão social em favor de pelo menos 250 pessoas.
O projeto Abadá de capoeira é realizado com o apoio da prefeitura, principalmente através da cessão do espaço necessário à realização das atividades, ou seja, o próprio CIEP, no qual se encontram matriculados muitos estudantes que fazem parte da iniciativa. Aliás, no caso dos alunos do CIEP, a frequência regular à sala de aula representa um dos critérios para a participação do projeto: os que tiverem muitas faltas na escola, sem as devidas justificativas, podem ser excluídos da capoeira.
No fim de semana passado, cerca de 50 integrantes deste núcleo de capoeira representaram a cidade num encontro regional ocorrido no município de Paulo de Frontin. O encontro teve como objetivo celebrar o aniversário do mestre Pretinho, um dos responsáveis pela realização da capoeira no CIEP de Quatis. A capoeira em Quatis conta com a participação de moradores dos bairros São Benedito, Santo Antônio, Água Espalhada, Jardim Independência e Loteamento São José, além do próprio bairro Nossa Senhora do Rosário.
Especialistas apontam os benefícios proporcionados aos que a praticam. Algumas das mais importantes são as seguintes: reduz o estresse e a ansiedade; desenvolve a força corporal e a flexibilidade; melhora a confiança e a autoestima; promove a interação social; estimula o condicionamento cardiovascular; estimula o respeito ao próximo; amplia os conhecimentos, uma vez que a capoeira representa uma manifestação cultural afro-brasileira; e contribui para o enfrentamento da timidez.
– A capoeira é uma manifestação muito presente na história de Quatis. Sabemos do alcance social que este projeto representa para a formação cidadã dos moradores do nosso Município, daí o nosso compromisso em estar sempre apoiando esta iniciativa, dentro das nossas possibilidades. A nossa prioridade é sempre o bem-estar da população. Sendo assim, toda iniciativa que tiver este objetivo, vai receber todo o apoio possível da nossa administração – declarou o prefeito Bruno de Souza (MDB).
As aulas de capoeira no CIEP Municipalizado Marciana Machado De Elias, que acontecem às quartas-feiras, são realizadas de 18 às 18h30m (crianças de quatro a 11 anos) e de 18h30m às 20 horas (alunos a partir dos 12 anos de idade). Os moradores interessados em participar poderão se inscrever sempre no dia e horário de realização das atividades. Crianças e adolescentes deverão estar acompanhados dos pais ou responsáveis quando forem se inscrever. A participação no projeto é gratuita:
– Estamos agora com a proposta de abrir mais um núcleo do Abadá em Quatis, desta vez para atender preferencialmente os alunos residentes nas comunidades situadas abaixo da linha férrea. Um dos locais pensados para a implantação deste segundo núcleo é a quadra poliesportiva do bairro Mirandópolis – declarou Rafael Casemiro dos Santos, o Casão, um dos coordenadores do projeto na cidade de Quatis, acrescentando que, além dos treinamentos em si, no CIEP do bairro Nossa Senhora do Rosário, os integrantes já inscritos na capoeira participam de atividades sociais, tendo sido uma das mais recentes a campanha visando arrecadar fraldas geriátricas para idosos abrigados em um asilo de Barra Mansa.

Comentários do Facebook

Comments are closed.

Skip to content