Alerta do Ministério da Saúde leva prefeitura a reforçar chamado para vacina contra febre amarela

O alerta divulgado nesta semana pelo Ministério da Saúde, segundo o qual 38 macacos já morreram neste verão após terem sido infectados pelo vírus da febre amarela, nas regiões sul e sudeste do Brasil, onde fica o estado do Rio de Janeiro, levou a Prefeitura de Quatis a reforçar o chamado à população da cidade para que procure pela vacina contra a doença nas cinco unidades médicas do Município em que o medicamento é aplicado. Devem ser imunizadas obrigatoriamente todas as crianças a partir dos noves meses, além dos adolescentes, jovens e adultos que ainda não tenham recebido a dose.
Em Quatis, a vacina é aplicada de segunda a sexta-feira, só que em unidades diferentes, a cada dia. Na segunda-feira, a imunização acontece na Clínica da Família, no bairro Nossa Senhora do Rosário. Já no restante da semana as doses são aplicadas na Casa da Criança (terça-feira) e nas unidades do Programa Saúde da Família dos bairros Mirandópolis (quarta-feira), Jardim Independência (quinta-feira) e Jardim Pollastri (sexta-feira).
O coordenador do Programa de Imunização da Prefeitura de Quatis, Wendell Monteiro, explica que vacina contra a febre amarela foi inserida no calendário das unidades básicas de saúde do estado do Rio de Janeiro a partir de 2017, motivo pelo qual as doses passaram a ser aplicadas rotineiramente nos postos da cidade de Quatis.
Ele destaca ainda que, na dúvida se já foram imunizados ou não, os adolescentes, jovens e adultos devem procurar a unidade médica para receber a dose. No que diz respeito às crianças a partir dos nove meses, os pais ou responsáveis deverão apresentar a caderneta de vacinação.
Os casos de óbitos em macacos por febre amarela, registrados pelo Ministério da Saúde, durante o verão, nas regiões sul e sudeste, foram confirmados nos estados do Paraná (34 mortes), São Paulo (três) e Santa Catarina (um). No mesmo período, o ministério registrou mais de mil casos suspeitos de febre amarela em macacos, no Brasil. Embora nenhum óbito do animal tenha sido registrado até agora no território do estado do Rio de Janeiro, as autoridades sanitárias brasileiras entendem que a confirmação de mortes de macacos em outras três unidades da federação é um sinal de alerta para que as pessoas ainda não imunizadas compareçam aos postos de saúde.
A febre amarela é transmitida apenas através da picada do mosquito Aedes Aegypti, sendo que existem dois tipos da doença: silvestre e urbana. A grande maioria dos casos positivos confirmados no Brasil ao longo dos últimos anos tem sido do tipo silvestre, daí a importância de as pessoas que forem viajar ou estiveram recentemente em áreas de matas tomarem o medicamento. Os sintomas principais da febre amarela são os seguintes: febre com calafrios, dores de cabeça intensas, dores nas costas, dores musculares, vômitos, fraqueza e fadiga.

Comentários do Facebook

Comments are closed.

mersin escort akdeniz escort altinkum escort kizkalesi escort mezitli escort pozcu escort silifke escort susanoglu escort universiteli escort mersin rus escort mersin sinirsiz escort mersin ucuz escort escort mersin konya bayan escort malatya bayan escort mersin bayan escort Skip to content