Saneamento básico: prefeitura inicia mais uma obra com recursos próprios

As obras de recuperação do
sistema coletor de esgoto da cidade, cujo contrato com a empresa vencedora do
processo de licitação foi assinado em março, começaram recentemente, e estarão
concluídas no começo do segundo semestre. A informação foi destacada na manhã
desta segunda-feira, 29, pelo prefeito Bruno de Souza (MDB). Ele frisou que “a
realização deste serviço está entre as ações iniciadas a partir de dezembro do
ano passado pela Prefeitura de Quatis, com recursos próprios”. Os recursos
próprios são provenientes da arrecadação de impostos e taxas municipais.

        Atualmente, se encontra em andamento a recuperação das
colunas de sustentação da tubulação e das caixas coletoras distribuídas ao
longo dos três quilômetros da rede coletora, desde o bairro São Benedito até a
ETE – foto (Estação de Tratamento de Esgoto), que se localiza na Barrinha. O
projeto da obra prevê ainda, entre outros serviços, a substituição dos trechos
danificados da rede e das cerca de 30 estações elevatórias. Todos os serviços
de recuperação do sistema coletor do Município estão calculados em R$ 145 mil.
A empresa responsável pelas obras é TET Sul Itatiaia Terraplanagem.

        – A realização dos serviços de melhorias no sistema de esgoto
de Quatis representa, sim, uma medida de grande alcance social, principalmente
na prevenção de doenças, e como uma ação importante em busca da preservação do
meio ambiente. Geralmente, os investimentos em saneamento básico não têm tanto
visibilidade quanto, por exemplo, o asfaltamento de uma rua, mas eles são
primordiais para garantir o bem-estar e a qualidade de vida da população –
declarou o prefeito.

        Bruno ressaltou também “o momento importante de realizações
colocadas em prática pela prefeitura com recursos próprios”. Além da
recuperação do sistema coletor de esgoto, se encontram em andamento o
asfaltamento das ruas do Loteamento Céu Azul; a ampliação da unidade básica de
saúde do distrito de Falcão; e a construção do almoxarifado central da
prefeitura, no bairro Bondarowsky, em cuja mesma área vão ser construídos o
espaço de cultura e a sala multiuso para comunidade. No mês passado, foi
concluída a primeira fase da operação tapa-buraco. A próxima etapa da operação tapa-buraco
se iniciará em breve, e vai atender, entre outras comunidades, o bairro
Bondarowsky.

        – Os recursos financeiros disponibilizados para esse pacote
de obras, que totalizam cerca de R$ 2 milhões em novos investimentos, são
reflexos de todo o esforço da nossa equipe de trabalho em administrar o
dinheiro da população com muita responsabilidade e compromisso na garantia dos
serviços essenciais para a população. Graças à eficiência na gestão financeira,
as contas do Município estão em dia, e ao mesmo tempo, a prefeitura vem
realizando ações de fundamental importância ao bem-estar do cidadão – declarou o
prefeito.

        Especialistas na área de saneamento básico apontam também os
benefícios dos investimentos no setor na área de Educação. Segundo eles, “estudos
indicam que os alunos residentes em localidades que não contam com os serviços
de água tratada e de coleta de esgoto são afetados por dificuldades no
aprendizado”. Na área da saúde, entre outros problemas, a inexistência de
serviços no saneamento básico podem causar doenças gastrointestinais e
hepatite, além de formar um ambiente propício para a proliferação de mosquitos
e pernilongos transmissores de outras patologias.

            

 

               

 

Comentários do Facebook

Leave A Comment

Skip to content