Recuperação de ponte no Bairro Pilotos é concluída pela prefeitura

A Secretaria Municipal de Obras, Urbanismo e
Serviços Públicos anunciou nesta sexta-feira, dia 12, a conclusão dos serviços
de recuperação da ponte de cimento sobre o Ribeirão dos Quatis, que liga o
Centro da cidade ao Bairro Pilotos, através da Rua Pedro Monteiro (rua lateral
ao Supermercado Estrela). As melhorias nesta travessia foram concluídas antes
do prazo de um mês estabelecido inicialmente pelo respectivo contrato.

Foram investidos cerca de R$
14 mil em recursos próprios na recuperação da ponte (foto), cujas obras
estiveram sob a responsabilidade da TET Sul Itatiaia Terraplanagem EPP Ltda,
empresa vencedora do processo de licitação.   Os
serviços de recuperação ocorreram em razão de um problema registrado numa das
extremidades da travessia, que cedeu devido à chuva. Com isso, o tráfego de
veículos passou a ser feito em mão única. Agora, uma vez encerrada a realização
das obras, a circulação dos carros voltou a ser feita em mão dupla.

Segundo o secretário de
Obras, Urbanismo e Serviços Públicos, Cézar Salazar, na extremidade danificada,
a prefeitura colocou quatro manilhas de um metro e meio de cumprimento, todas
com 60 centímetros de diâmetro. Além disso, a prefeitura reconstruiu parte da calçada
e da mureta de proteção, e instalou um bueiro visando facilitar o escoamento da
água pluvial. A ponte recuperada representa também uma das alternativas de
acesso à comunidade de Joaquim Leite e ao distrito de Falcão, ambos situados na
zona rural, através da Rodovia RJ-159.

Já até o começo da próxima
semana estarão concluídos os serviços de recuperação de uma travessia na
Estrada da Uruguaiana, próximo à divisa que liga o distrito de São Joaquim
(Quatis) ao distrito de Santa Isabel (Valença). Uma das extremidades desta
travessia de cimento também cedeu por causa da chuva forte ocorrida ao longo
das últimas semanas. Além de reforçar a base da travessia com pedras e
concreto, a prefeitura vai melhorar as condições da pista por meio da colocação
de escória. A ponte é utilizada por produtores rurais da região para o
escoamento da produção leiteira.

– O desgaste natural do tempo
e o movimento intenso proveniente do grande movimento de veículos acabam por
contribuir para a ocorrência de problemas nas bases de sustentação das pontes,
tanto na área urbana, quando na zona rural. Mas a administração municipal vem
trabalhando imediatamente quando problemas desta natureza acontecem, sempre no
sentido de garantir as condições para que o tráfego seja feito com segurança –
declarou Cézar Salazar, acrescentando que, desde o ano passado, a Secretaria
Municipal de Desenvolvimento Rural, cuja titularidade ele responde
interinamente, já reconstruiu pelo menos três pontes de madeira na área
rural. 

       

       

 

Comentários do Facebook

Leave A Comment

Skip to content