Quatis presente: audiência pública na ALERJ debate desenvolvimento integrado do Médio Paraíba

Ao participar na tarde desta segunda-feira, 25, na ALERJ (Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro), da audiência pública sobre o tema “Apresentação das medidas apuradas para o incentivo ao desenvolvimento do Médio Paraíba”, o prefeito Bruno de Souza (MDB) reafirmou seu entendimento a respeito da importância de ações pelo desenvolvimento integrado das cidades que formam a região do Médio Paraíba. A audiência pública debateu um plano de ação para o crescimento ordenado dos 12 municípios desta região do interior fluminense, incluindo a cidade de Quatis (foto).
A audiência pública foi promovida pela comissão especial de Acompanhamento, Promoção e Incentivo ao Desenvolvimento Econômico, Humano e Geração de Renda do Médio Paraíba na ALERJ, cujo presidente é o deputado estadual Marcelo Cabeleireiro (DC). Participaram também do encontro, entre outras autoridades, o deputado federal Antônio Furtado (PSL); a secretária estadual de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Fabiane Bentes; e o subsecretário estadual de Saúde na área da dependência química, Bruno Marini. Além de Marcelo Cabeleireiro, fazem parte desta comissão especial, os deputados estaduais Gustavo Tutuca – MDB (vice-presidente), Léo Vieira – PRTB (relator), João Peixoto (DC) e Giovani Ratinho (PTC), ambos, membros.
Segundo Bruno, “o crescimento acelerado da região, tanto no que diz respeito ao desenvolvimento econômico, quando ao número de habitantes, aliados à baixa arrecadação de alguns dos seus municípios, entre eles, Quatis, fortalece a necessidade de as cidades trabalharem de mãos dadas por ações comuns com o objetivo de garantir as demandas da população em setores essenciais, além de promover o crescimento econômico da região, através da geração de empregos e, consequentemente, o incremento das receitas para investimentos em favor do cidadão”.
– A iniciativa do deputado Marcelo Cabeleireiro e os demais integrantes da comissão especial de Acompanhamento, Promoção e Incentivo ao Desenvolvimento Econômico, Humano e Geração de Renda do Médio Paraíba deve merecer da nossa parte todo o apoio possível. Sempre defendi a proposta segundo a qual as cidades devem ajudar umas às outras, dentro das particularidades específicas de cada uma delas, principalmente os municípios considerados de menor porte. É preciso agora redobrar os esforços para que as propostas do plano de ação saiam do papel – disse Bruno.
O plano de ação debatido nesta segunda-feira, na ALERJ, discute projetos comuns de desenvolvimento para as cidades de Barra do Piraí, Barra Mansa, Itatiaia, Pinheiral, Piraí, Porto Real, Quatis, Resende, Rio Claro, Valença, Vassouras e Volta Redonda. Os estudos voltados ao plano de ação priorizam quatro tópicos. São eles: tecnologia, mobilidade, educação e turismo. Segundo o prefeito Bruno de Souza, “a cidade de Quatis seria diretamente atendida com as medidas nas áreas da mobilidade e do turismo, ampliando dessa maneira as condições de acessibilidade e a prática ao ecoturismo”.
Ele lembrou ainda que o plano de ação agora debatido pela comissão especial de Acompanhamento, Promoção e Incentivo ao Desenvolvimento Econômico, Humano e Geração de Renda do Médio Paraiba da ALERJ é decorrente do projeto LIDER (Liderança para o Desenvolvimento Regional), cujas reuniões começaram há dois anos, com a participação de lideranças políticas, do segmento empresarial e de outros setores organizados da sociedade. Coordenado pelo SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), o movimento incentivou a união de todos os setores envolvidos num projeto comum de desenvolvimento sustentável em favor da região do Médio Paraíba.

Comentários do Facebook

Comments are closed.

Skip to content