Projeto Viva Paz desenvolve cultura da paz no Médio Paraíba

O Projeto Viva Paz é uma iniciativa da Casa da
Criança e do Adolescente de Volta Redonda, gerenciada pela Irmã Elizabeth Alves
e patrocinada pela Petrobrás. Teve inicio em 2011, com objetivo de desenvolver
uma cultura de paz em 24 municípios, sendo 12 na região serrana e 12 na região
do Médio Paraíba, onde Quatis é uma das cidades contempladas.

 

O projeto funciona nos municípios através de uma
Comissão Municipal da Paz, que inclui vários seguimentos da sociedade, do poder
público e religioso. O projeto iniciou sua segunda fase em agosto de 2013 com
duas equipes de educadores da paz para as duas regiões. Para o Sul Fluminense,
cinco pessoas foram contratadas para animar os 12 municípios que compõe a
Diocese de Barra do Piraí e Volta Redonda. Segundo a advogada Ana Maria Vicente
Soares, articuladora do projeto em Barra Mansa, Volta Redonda e Quatis, um dos
focos do projeto é dar visibilidade para ações voltadas para a paz. “O Projeto
Viva Paz funciona nos municípios na prevenção à violência, dando visibilidade
as ações voltadas para a paz que existem nos municípios, ajudando na fomentação
de outras, com intuito de dar visibilidade a todas as iniciativas do bem que
são realizadas no cotidiano e que não tem espaço na mídia ou ficam no anonimato”,
revelou, acrescentando que “o projeto instrumentaliza educadores, professores,
agentes sociais, religiosos para que multipliquem a ideia da cultura da paz e
ajude as pessoas a refletirem que a paz
é possível e depende de cada pessoa”. Dessa forma, foram realizadas em escolas,
secretarias e Igrejas encontros para ajudar os participantes a desconstruir em
suas mentes a carga negativa da violência repassada aos longos dos anos e
programar-se positivamente.

 

Ainda segundo Ana Maria, os beneficiados deste
projeto são os pais e alunos de diversas escolas, onde o projeto se faz
presente, através dos encontros com os alunos e pais. “Através das escolas, a
equipe consegue interagir com os participantes e ouvir depoimentos de pais e
filhos como “eu não tenho paciência com minha filha de 15 anos”, “ela tenta ser
minha amiga mais não consigo chegar perto dela e fazer um carinho””. Visando
quebrar este tabu, a equipe ligada a este projeto incentiva os pais e filhos a
valorizar sua família, a dar importância ao outro, entre tantas atitudes
positivas.

 

III Caminhada pela
Paz de Quatis

 

Dando continuidade ao projeto da Cultura da Paz, a
Comissão, em parceria com a Prefeitura, a Câmara, as Igrejas e demais
instituições do município, estão organizando a 3ª Caminhada pela paz no
município que será realizada no dia 13 de novembro, saindo às 08h30min do
bairro São Benedito (próximo à igreja) e indo até a Praça Teixeira Brandão.

O prefeito Bruno de Souza (PMDB) revelou estar
muito contente por este projeto atuar em Quatis e destacou três pilares:
família, religião e educação. “
Nos dias atuais vivemos uma cultura da violência de
diversos ciclos viciosos, presentes em todos os momentos. Na correria, nas
bebidas alcoólicas, que é uma das piores drogas, no trânsito, no
trabalho e até dentro das famílias, que somadas à individualidade e a
busca por uma satisfação imediata, faz com que os seres humanos sejam menos
capazes de lidar com as suas frustrações do dia a dia, e nos colocam
propensos a transformar pequenos problemas em grandes. Aí, partimos de forma
irracional para a violência como se fosse uma forma de nos defender da correria.
É neste sentido, em busca da sonhada paz que precisamos e
devemos refletir e ter soluções para encontrá-la. Essa busca passa primeira nas
famílias, nas igrejas e nas escolas. Esses três pilares geram mais consciência
para nossa humanidade”, concluiu.

Leave A Comment

Skip to content