Produtor Mirim: novos equipamentos e mais sementes para o plantio em duas hortas

Considerado
uma das ações principais de inclusão social da Prefeitura de Quatis para os
adolescentes do Município, o Programa Produtor Mirim acaba de ser beneficiado
com a compra de novos equipamentos e sementes destinadas ao cultivo das duas
hortas nas quais é oferecido o aprendizado aos 60 adolescentes atendidos atualmente
pelo projeto. Na foto, produtores mirins participam de atividade educativa numa
das unidades do CRAS (Centro de Referência de Assistência Social).

             A informação foi confirmada nesta
quarta-feira, 04, pelo prefeito Bruno de Souza (MDB), segundo quem “os novos
investimentos no programa reafirmam a determinação da atual administração do
Município em priorizar as ações para os segmentos da criança e da adolescência
na cidade”.

               De acordo com o prefeito, foram
comprados os seguintes equipamentos: seis carrinhos de mão, 15 enxadas, cinco
cavadeiras, cinco pás, cinco tambores com capacidade de 200 litros, dez baldes
de litros, dez vassouras piaçava, 200 metros de mangueira, 500 metros de arame
galvanizado, 60 pares de luvas, 65 pares de botas, 60 bonés, 600 quilos de
adubo e 135 pacotes de sementes destinadas ao cultivo de verduras e legumes. Os
itens adquiridos pela prefeitura já começaram a ser entregues ao projeto.

               – A nossa administração tem
ações concretas no que diz respeito aos projetos, programas e outras ações
voltadas às crianças e aos adolescentes, tanto na área da assistência social e
direitos humanos, quanto na educação, cultura, esporte, lazer e administração,
entre outros setores da prefeitura. Com relação ao Produtor Mirim, os novos
investimentos e equipamentos fazem parte da nossa proposta em estar aprimorando
cada vez essa iniciativa, que torna realidade a formação cidadã e vem
melhorando a vida dos adolescentes atendidos – disse o prefeito.

              Os itens adquiridos recentemente
pela Prefeitura de Quatis para o Programa Produtor Mirim totalizam
aproximadamente R$ 12 mil. As sementes realizadas através desta compra vão ser
usadas no plantio de beterraba, alface americana, alface hanson, berinjela,
couve chinesa, jiló, repolho, rúcula e salsinha.

              Segundo a secretária municipal de Assistência
Social e Direitos Humanos, Rosana de Almeida, cuja pasta coordena a realização
deste programa, a produção mensal do Produtor Mirim passa de 700 quilos de
verduras e legumes, os quais são distribuídos entre os próprios produtores e
outras famílias cadastradas nos programas sociais da prefeitura. As duas hortas
do projeto se localizam nos bairros Jardim Pollastri e Centro (uma em cada
bairro).

              O Produtor Mirim não oferece
apenas o aprendizado na área agrícola, mas também proporciona aos 60
adolescentes que formam as duas turmas do projeto, noções de cidadania;
prevenção contra doenças; prevenção contra drogas lícitas e ilícitas; meio
ambiente e iniciação ao mercado de trabalho. Os adolescentes são divididos em
duas turmas, sendo que os turnos do aprendizado acontecem de 8h30m às 10h30m e
de 13h30m às 15h30m.

             O tempo máximo de permanência no projeto é de
12 meses. Cada um deles recebe um auxílio mensal em torno de R$ 120,00. O valor
é depositado todo mês, nas respectivas cadernetas de poupança abertas para os
produtores mirins, ainda na primeira administração do prefeito Bruno de Souza.

          

Leave A Comment

Skip to content