Prefeitura recupera trecho crítico de estrada para São Joaquim

O prefeito Bruno de Souza (PMDB) anunciou hoje a conclusão de mais um serviço de infraestrutura para garantir o escoamento da produção agropecuária, a circulação do sistema de transporte escolar e o deslocamento dos moradores da zona rural para a área urbana do Município. Ele se refere à recuperação do trecho da estrada de acesso ao distrito de São Joaquim conhecido como Pedra D`Água, cujo piso recebeu emulsão asfáltica em aproximadamente 300 metros de extensão por cerca de 4,5 quilômetros de largura (foto). Este ponto se localiza logo após o viaduto da Ferrovia do Aço, no sentido Quatis-São Joaquim, sendo considerado um ponto de difícil acesso por ser muito íngreme.
Bruno destacou esta melhoria como “mais uma obra importante feita pela prefeitura este ano, dentro do trabalho permanente de conservação e manutenção das estradas rurais”. O trecho que acaba de ser recuperado na estrada de São Joaquim chegou a ficar interditado em janeiro por algumas horas em razão da queda de barreiras e outros transtornos provocados pelas chuvas fortes do começo do ano.
– Os constantes problemas causados neste trecho da estrada de São Joaquim impediam também a circulação do ônibus comunitário que atende a comunidade de São Joaquim. Com o serviço realizado neste mês pela prefeitura, mediante a colocação de emulsão asfáltica, não há dúvidas de que a estrada recebeu uma melhoria importante no sentido de assegurar as condições de tráfego – disse o prefeito, se referindo também ao serviço de transporte dos moradores entre o Centro de Quatis e o distrito de São Joaquim, cuja responsabilidade é da associação de moradores daquele distrito.
No local agora recuperado pela Prefeitura de Quatis, há vários anos tinha sido feito um serviço visando garantir a circulação de veículos, através da afixação de pedras marroadas enquanto base para a cobertura com terra, saibro ou qualquer outro material de revestimento próprio para as vias rurais. Só que, devido às chuvas, a cobertura sempre era levada pela força da água, deixando as pedras à mostra, e impedindo a circulação dos veículos. Cada uma destas pedras mede em média de dez a 40 centímetros, chegando a pesar até dez quilos.
Vinte caminhões de emulsão asfáltica foram disponibilizados pela prefeitura para a recuperação deste trecho. O prefeito frisou que os próprios operários da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural executaram o serviço. Segundo ele, todos os serviços de conservação e manutenção das estradas rurais vêm sendo feitos pelos servidores da administração municipal, o que, no seu entendimento, “mostra a eficiência da mão de obra do Município na execução deste trabalho e representa uma economia de gastos, pois dessa maneira a prefeitura não precisa terceirizar o serviço”.
– Além da mão de obra, a nossa administração disponibilizou ainda todo o maquinário necessário e contou com o apoio de um morador daquela região, o senhor Silvestre, que nos ajudou na cessão de parte do material de infraestrutura. Ele nos doou o material em si. Sinto-me no dever de registrar publicamente o meu agradecimento a este morador e aos nossos funcionários, cujo trabalho eficiente, dedicado e marcado claramente pelo elevado espírito público tornou realidade mais esta melhoria de fundamental importância ao dia a dia da comunidade rural de Quatis – concluiu o prefeito.

Leave A Comment

Skip to content