Prefeitura quer evitar danos em estradas por veículos de testes

     Ao acompanhar pessoalmente a mobilização de
operários da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural na recuperação da
estrada Quatis-Bom Retiro, ocorrida este sábado de carnaval, dia 25, o prefeito
Bruno de Souza (PMDB) anunciou medidas com o objetivo de evitar que a
utilização das estradas rurais sejam danificadas por veículos de testes das
montadoras automobilísticas instaladas na região (foto). A estrada Quatis-Bom
Retiro é uma das vias usadas pelas empresas em testes dos veículos fabricados
em suas unidades.

        O
prefeito disse que vai adotar providências no sentido de impedir a utilização
das estradas com esta finalidade, uma vez que os testes dos veículos, no seu
entendimento, acabam danificando o solo das vias rurais, prejudicando dessa
maneira o escoamento da produção agropecuária, a circulação dos veículos do
sistema de transporte escolar do Município e o deslocamento dos moradores à
área urbana de Quatis.

         Bruno de Souza defende que as montadoras precisam
ajudar o Município na recuperação das máquinas patrol e retroescavadeira da
prefeitura empregadas no trabalho permanente de conservação e manutenção das
estradas rurais. O prefeito determinou aos agentes da administração municipal
que fiscalize as estradas rurais visando impedir que os veículos de testes das
montadoras continuem utilizando essas vias sem uma contrapartida pelo uso
delas.

        –
Já avisei, inclusive, a alguns motoristas destes veículos de testes sobre as
medidas que vamos adotar. Muitos produtores rurais me procuraram para reclamar
dos transtornos causados nas estradas por conta deste fato. Quanto pior for o
estado das estradas, melhor para os testes realizados pelas montadoras. O nosso
comprometimento é com a população de Quatis. Por isso, vamos adotar medidas
voltadas às perfeitas condições das vias rurais em favor dos moradores da nossa
cidade – declarou.

        Bruno
explicou que a Prefeitura de Quatis tem uma frota de máquinas e caminhões
apropriados para o trabalho de conservação e manutenção das estradas rurais,
“além de possuir trabalhadores eficientes e dedicados” no quadro funcional da
Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural. No entanto, de acordo com o
prefeito, o uso constante das vias rurais por veículos de testes das montadoras
acaba contribuindo para a formação de buracos nas estradas e a ocorrência de
problemas no maquinário, danificando principalmente os pneus e as lâminas.

        –
Por causa dos trâmites burocráticos exigidos pela legislação, o processo de
reposição das peças das máquinas dentro do serviço público se torna muito
lento, atrasando muito o conserto das máquinas. Neste sentido, entendo que as
empresas automobilísticas poderiam ajudar o Município com a cessão destas
peças, por meio da formalização de uma parceria entre a prefeitura e as
montadoras – finalizou o prefeito.

 

 

Comentários do Facebook

Leave A Comment

Skip to content