Prefeitura inicia limpeza de córrego na área central da cidade

Dentro das ações determinadas pelo prefeito Bruno de Souza (PMDB) para diminuir possíveis transtornos aos moradores em razão das chuvas e evitar a proliferação de insetos, a Secretaria Municipal de Obras, Urbanismo e Serviços Públicos iniciou nesta terça-feira, dia 23, o trabalho de limpeza do córrego que passa pelo Jardim Pollastri (foto), próximo à unidade do Programa Saúde da Família localizada neste bairro. 
Bruno enfatizou que, mesmo com o fim do período do ano em que as chuvas costumam ocorrer com mais intensidade, a prefeitura dará continuidade ao trabalho de prevenção contra chuvas. Normalmente, este período vai de outubro a março. Inicialmente, no córrego do Jardim Pollastri, está sendo realizado o trabalho manual de roçada por oito operários da Secretaria de Obras. Tão logo esta etapa seja concluída, ainda nesta semana, será iniciada a retirada de lixo e entulho do manancial. Nesta segunda etapa, a prefeitura vai utilizar uma máquina retroescavadeira e um caminhão.
– As ações voltadas à conservação dos espaços públicos devem ser realizadas de forma permanente, ao longo do ano, justamente com o objetivo de reduzir a possibilidade de problemas para a população na época das chuvas fortes. Devemos lembrar ainda que os trabalhos de limpeza urbana são de primordial importância para o dia a dia do cidadão, e tem influência direta na prevenção de doenças – disse o prefeito, acrescentando que o trabalho contínuo de conservação feito pela Secretaria de Obras “certamente contribuiu para que a cidade não registrasse transtornos graves durante o último verão”.
O córrego no qual a prefeitura está realizando serviços de limpeza nesta semana começa no bairro Bondarowsky; corta o Jardim Pollastri; passa nos fundos do espaço da Feira da Roça; segue sob uma ponte situada na Avenida Euclides Guimarães Cotia (uma das vias principais de acesso ao Centro da cidade) e desemboca no Ribeirão dos Quatis, próximo ao bairro Barrinha, numa extensão que ultrapassa os 500 metros.

Leave A Comment

Skip to content