Prefeitura anuncia inscrições para curso sobre empreendedorismo à distância

Adolescentes e jovens
residentes em Quatis já podem se inscrever para o curso à distância sobre
empreendedorismo disponibilizado através do “Inova Jovem”, um projeto realizado
pela Secretaria Nacional da Juventude, em parceria com as prefeituras. As
inscrições devem ser realizadas diretamente pela internet, através do link
centraldoempreendedorismo.com.br. Na Prefeitura de Quatis, os procedimentos
relacionados ao curso estão sendo coordenados por duas secretarias municipais:
Trabalho e Renda / Esportes e Lazer. O tempo médio do aprendizado
disponibilizado pela capacitação vai ser de cinco meses.

        O prefeito Bruno de Souza (MDB) entende a iniciativa como “mais
uma oportunidade muito importante na área de inclusão social, pois amplia as
ações promovidas diretamente pela administração ou com o apoio da prefeitura
visando à formação cidadã e profissional dos segmentos da adolescência e da
juventude”. Poderão se inscrever adolescentes e jovens na faixa etária de 15 a
29 anos, comprovadamente de famílias de baixa renda, e que estejam
preferencialmente em situação de vulnerabilidade social. Na foto, estudantes do
“ID Jovem”, uma das ações de inclusão social desenvolvidas pela Prefeitura de
Quatis.

        – Em menos de uma semana, a nossa administração teve a
satisfação de anunciar duas boas notícias voltadas à capacitação profissional a
favor dos jovens e adolescentes. A primeira delas foi o início das atividades
da turma deste ano do Programa Produtor Mirim. E agora, estamos divulgando as
inscrições destinadas ao curso de empreendedorismo oferecido por meio do
projeto Inova Jovem. Não há dúvidas de que o futuro melhor para os segmentos da
infância e da adolescência passa também por iniciativas desta natureza – disse o
prefeito.

        Durante o tempo em que estiverem participando do curso à
distância sobre empreendedorismo, cujas inscrições encontram-se abertas, os
alunos de Quatis vão receber dez apostilas e dez vídeos com conteúdos a
respeito do aprendizado. Entre os temas deste curso, estão os seguintes: “Controle
de caixa”, “Criatividade e inovação”, “Planejamento e pesquisa: atalhos para o
sucesso”, “Comunicação: a alma do negócio”, “Recursos humanos: quem cuida do
que” e “Economia e finanças: quebrando a banca”. O aprendizado vai ter foco no
micro e pequeno empreendedor, e ensinará ainda os métodos corretos de venda
através das redes sociais.

        Cada município que aderir à parceria com a Secretaria
Nacional da Juventude para a realização do curso de empreendedorismo poderá
inscrever uma turma de até 50 alunos. Os certificados vão ser concedidos ao
final de frequência pelo próprio Governo Federal. Órgão ligado ao Ministério da
Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, a Secretaria Nacional de Juventude
acrescenta os objetivos principais desta iniciativa, “que consiste em reduzir
os índices de violência envolvendo o público-alvo do curso e diminuir os
percentuais de desigualdade social”. Só no ano de 2018, dois mil jovens foram
capacitados para a abertura dos seus próprios negócios, mediante a participação
neste curso.

 

            

 

Comentários do Facebook

Leave A Comment

Skip to content