Plantio de mudas pelo Dia da Árvore começa nesta segunda-feira, em Quatis

Em comemoração ao Dia da
Árvore, que transcorrerá no sábado da próxima semana, 21 de setembro, a
Prefeitura de Quatis realizará a partir desta segunda-feira, 16, o plantio de
mudas de espécies da mata atlântica em escolas situadas na zona rural da cidade
e em duas das praças principais da área urbana do Município. Sob a coordenação
da Secretaria de Meio Ambiente da prefeitura, e com o acompanhamento do
grupamento ambiental da Guarda Municipal, o plantio vai se prolongar até o dia
24 deste mês (terça-feira).

        Na segunda-feira, 16, as mudas serão plantadas no período da
tarde, por estudantes da Escola Municipal Carlos Campos de Faria (Falcão), na
praça principal deste distrito da zona rural. No dia seguinte (terça-feira), o
plantio continuará sendo realizada na área rural, só que desta vez pela manhã,
em volta da Escola Municipal Benta Pereira (comunidade de Joaquim Leite).
Alunos matriculados nesta instituição de ensino participarão da atividade.

        A programação continuará nos dias 20 e 24 de setembro, na
Praça Getúlio Vargas (foto) e na Praça Teixeira Brandão, ambas localizadas no
Centro de Quatis. Nos dois dias, as mudas vão ser plantadas no período da
tarde, sendo que na Praça Getúlio Vargas, a praça da igreja Matriz de Nossa
Senhora do Rosário, a atividade contará com a participação de alunos da Escola
Municipal Maria Helena Rafael De Elias (Centro).

Por
sua vez, o plantio na Praça Teixeira Brandão vai ser feito por alunos que
participam do “Programa Produtor Mirim”, projeto de inclusão social da
prefeitura, coordenado pela Secretaria Municipal de Assistência Social e
Direitos Humanos. O “Produtor Mirim” oferece aprendizado sobre técnicas de
cultivo de verduras, legumes e frutas para 60 adolescentes de 14 a 18 anos, residentes
em Quatis.


A nossa proposta é reforçar a conscientização que promovemos de forma
permanente junto às crianças e adolescentes a respeito da importância das
árvores para a preservação da qualidade de vida da população, o embelezamento
do Município e a saúde dos moradores. Ao mesmo tempo, intensificando essa
atividade, estaremos trabalhando também com o objetivo de despertar a
consciência do povo de Quatis na direção desta ação de extrema importância ao
desenvolvimento sustentável e à valorização da vida – declarou a secretária
municipal de Meio Ambiente, bióloga Edna Azevedo.

O
plantio e o cultivo de árvores aumentam a umidade do ar, evitam erosões
(processo de desgaste do solo); produzem oxigênio; diminuem a temperatura;
servem de abrigos, especialmente para os pássaros; formam paisagens mais
bonitas; absorvem o gás carbônico e amortecem ruídos e barulhos nas áreas
urbanas. Muitas espécies são frutíferas, como, por exemplo, abacateiro,
mangueira, amoreira, goiabeira, bananeira, cerejeira, jabuticabeira, macieira,
pessegueiro, pitangueira e ameixeira.

A
fixação de uma data específica com o objetivo de destacar a importância da
árvore no dia a dia das pessoas teve origem em 1872, nos Estados Unidos, quando
o jornalista Julius Morton plantou várias mudas no estado de Nebraska, em sinal
de protesto contra o desmatamento e a extinção de várias árvores que já naquela
época colocavam em risco a preservação do meio ambiente.

No
Brasil, a comemoração do Dia da Árvore foi instituída através do decreto número
55.795/1965. O nome correto da data, segundo essa legislação, é “Festa Anual
das Árvores”, cuja comemoração acontece em 21 de setembro devido ao fato deste
dia transcorrer no começo da primavera, a estação das flores.

Leave A Comment

Skip to content