Pintura de meio-fio e recolhimento de entulho reforçam limpeza urbana

– Ao contrário da construção de uma escola ou de um posto de saúde, por
exemplo, que normalmente têm uma visibilidade maior, os serviços de conservação
e manutenção das vias públicas quase não aparecem e não são comentados, mas têm
uma importância fundamental no dia a dia da população.

        A afirmação foi feita pelo
prefeito Bruno de Souza (PMDB), que comentou hoje os novos números recebidos da
Secretaria Municipal de Obras, Urbanismo e Serviços Públicos sobre o trabalho
de limpeza urbana em Quatis.

        Com relação à pintura do meio-fio,
nas últimas semanas, a prefeitura realizou este serviço nos bairros São
Benedito, Santo Antônio, Nossa Senhora do Rosário (foto), Centro, Alto Paraíso
e Biquinha, além da comunidade de Joaquim Leite e do distrito de Falcão, os
dois últimos situados na zona rural. Para os próximos dias, vão ser atendidos
com este trabalho os bairros Jardim Pollastri, Mirandópolis, Pilotos, Barrinha,
Jardim Independência e Loteamento Boa Vista.

        – O planejamento da nossa
administração é no sentido de que  cada
bairro receba os serviços de pintura de meio-fio pelo menos uma vez a cada dois
meses, em razão da importância deste trabalho ao cotidiano dos moradores da
cidade, além do fato de que esta ação contribui também para o embelezamento dos
bairros da área urbana e das comunidades rurais – disse o prefeito, explicando
que o trabalho de pintura de meio-fio normalmente é acompanhado pelo serviço de
capina.

        A Secretaria de Obras,
Urbanismo e Serviços Públicos do Município divulgou hoje o levantamento sobre o
recolhimento de lixo e entulho realizado durante o mês de junho. Segundo este
balanço, foram retirados 192 caminhões de detritos em vários bairros e
localidades da zona rural, entre eles Barrinha, Mirandópolis, Pilotos, Jardim
Pollastri, Bondarowsky, Joaquim Leite, Centro, Jardim Independência, Alto
Paraíso, Loteamento Céu Azul, Água Espalhada, Nossa Senhora do Rosário e Santa
Bárbara. Só na Barrinha, que se localiza na entrada da cidade, a prefeitura
retirou nas últimas semanas o total de 15 caminhões de lixo e entulho.

        Pelo menos 18 operários,
três caminhões e uma máquina retroescavadeira são mobilizados para o trabalho
de limpeza urbana nos bairros e distritos. O prefeito Bruno de Souza reforçou o
chamado para que a população ajude a manter as ruas limpas, “pois o acúmulo de
lixo acarreta em vários transtornos aos próprios moradores”.

        – Além de prejudicar o
aspecto visual dos bairros, o acúmulo de detritos nas ruas, avenidas e praças
de Quatis pode aumentar os riscos de doenças, já que este cenário forma o
ambiente propício para a proliferação de insetos e outros animais. Outro
problema é que o lixo fica acumulado nos bueiros, provocando dessa maneira
riscos graves de transbordamentos, inundações e alagamentos na época das
chuvas. Faço ainda um apelo a você, que mora em Quatis: evite armazenar areia
ou “areião” na calçada, uma vez que material também acaba arrastado pela chuva para
os bueiros – disse Bruno.

Comentários do Facebook

Leave A Comment

Skip to content