Obras em Joaquim Leite ampliam melhorias da prefeitura nas estradas rurais

Com aproximadamente 11
quilômetros de extensão, a estrada que liga a comunidade de Joaquim Leite, na
zona rural do Município, à Rodovia RJ 159 começou a receber nesta semana novos
serviços de melhorias realizados pela Prefeitura de Quatis, através da
Secretaria Municipal de Obras, Urbanismo e Serviços Públicos. O início dos
trabalhos nesta estrada amplia os investimentos feitos pela administração
municipal visando garantir as condições para o escoamento da produção
agropecuária e o deslocamento dos moradores residentes nas comunidades rurais
da cidade.


        Segundo o prefeito Bruno de Souza (PMDB) – que vem
acompanhando pessoalmente mais uma vez, nesta semana, os trabalhos de
conservação e manutenção das estradas rurais – a estrada de Joaquim Leite para
a Rodovia RJ 159 está recebendo inicialmente os serviços de roçada e capina
(foto), que já foram feitos em cerca de três quilômetros da extensão total.
Após a conclusão destes serviços, a prefeitura fará o corte de água, a limpeza
de bueiros, patrolamento e a colocação de escória.


        – Nesta fase dos trabalhos na ligação de Joaquim Leite com a
RJ 159, sete operários estão trabalhando com o auxílio de quatro roçadeiras e
duas foices. O cumprimento do cronograma de trabalhos para esta estrada, no
entanto, depende das boas condições do tempo – disse o prefeito, acrescentando
que dois caminhões, duas máquinas retroescavadeira e uma máquina patrol foram
disponibilizados pela administração municipal para a realização dos serviços de
melhorias nesta via do Município.


        A prefeitura vem fazendo melhorias também em outra estrada de
Joaquim Leite. Desta vez, a via recuperada liga esta comunidade à região do
Morro Grande, na Vila da Fumaça (Resende). Os dois trabalhadores responsáveis
pela etapa atual de serviços nesta região têm o auxílio de uma máquina
retroescavadeira e um caminhão.


Já na
estrada São Joaquim (Quatis) – Amparo (Barra Mansa), a Prefeitura de Quatis já
concluiu a recuperação de quatro dos oito quilômetros de extensão localizados
dentro do território do Município. Os seis quilômetros restantes da estrada
ficam no território de Barra Mansa. A São Joaquim-Amparo tem, portanto, uma
extensão total de 14 quilômetros.


– O trabalho permanente de conservação e
manutenção das estradas rurais visa prioritariamente garantir o escoamento da
produção leiteira, e a circulação dos veículos que formam o sistema de
transporte escolar. No caso da produção agropecuária, trata-se da atividade
principal da economia do Município, o que aumenta ainda mais a nossa
responsabilidade de estar sempre trabalhando na recuperação e conservação das
vias da zona rural – finalizou o prefeito Bruno de Souza.

Comentários do Facebook

Leave A Comment

Skip to content