• Brasão Prefeitura de Quatis
  • Prefeitura
    de Quatis
  • Rua Ana Ferreira de Oliveira, N° 47, Bondarowsky

  • Atendimento:
    08:00 às 17:00

  • Telefone:
    (24) 3353-2918

Menu Principal

Notícias

Vacinação contra raiva animal será realizada em sete bairros

Por em 11/10/2018

A Secretaria Municipal de Saúde confirmou a data de realização da campanha de vacinação contra raiva animal em Quatis. A imunização acontecerá no próximo dia 20 de outubro, ou seja, na próxima semana, em sete bairros da área urbana. Nas comunidades rurais, a campanha já teve início no mês passado, através de unidades volantes. Em Quatis, a campanha é realizada pela prefeitura em parceria com o escritório local da EMATER-RJ (Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Rio de Janeiro).

        No dia 20 de outubro, as doses do medicamento em cães e gatos serão aplicadas de 8 às 16 horas, nos seguintes locais: escritório da EMATER-RJ (Jardim Pollastri); Clínica da Família (Nossa Senhora do Rosário); unidade médica do Mirandópolis; unidade médica do bairro Jardim Independência; praça do Loteamento Santa Bárbara; praça da igreja católica de São Benedito e Praça Getúlio Vargas, a praça onde se localiza a Igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário.

        A coordenadora do departamento de vigilância sanitária do Município, Marta Maria da Silva, explica que a meta da Secretaria de Saúde é imunizar pelo menos dois mil animais, entre cães e gatos, dos quais cerca de 600 já foram vacinados pelas unidades volantes que estão percorrendo as comunidades rurais. Entre as localidades da zona rural, já contempladas nas últimas semanas com a vacina estão Joaquim Leite, São Joaquim, Campo Alegre e Glicério. Outras comunidades rurais serão atendidas no decorrer dos próximos dias.

        - A nossa recomendação é que devem ser vacinados todos os animais a partir dos três meses de idade. Destacamos também, mais uma vez, a importância da imunização dos animais, uma vez que a raiva é uma doença que afeta os cães e gatos, mas pode também ser transmitida ao ser humano pela saliva ou mordida do animal infectado – declarou Marta, acrescentando que a equipe da unidade volante de vacinação contra raiva animal é composta por um vacinador e um auxiliar administrativo.