• Brasão Prefeitura de Quatis
  • Prefeitura
    de Quatis
    Laço Rosa em conscientização ao Outubro Rosa
Menu Principal

Notícias

Saúde preventiva: aprendizado diferente para atletas da escolinha de futsal do Mirandópolis

Por em 11/10/2018

As crianças e adolescentes que participam das atividades da escolinha de futsal do bairro Mirandópolis participaram nesta quarta-feira, 10, de um aprendizado diferente. Reunidos na quadra poliesportiva da comunidade, eles acompanharam uma palestra ministrada pela enfermeira Sônia Maria da Silva Martins a respeito do tema “Higienização das Mãos”. Sônia é lotada na unidade do Programa Saúde da Família do próprio Mirandópolis.

        Atualmente, a Prefeitura de Quatis mantém duas escolinhas de futsal para o segmento da infância e da adolescência, sendo uma delas no ginásio do bairro Nossa Senhora do Rosário e a outra na quadra do Mirandópolis, que foi criada no ano passado. Segundo o diretor da Secretaria de Esportes e Lazer do Município, William Vilela, a palestra ocorrida nesta quarta-feira fez parte da proposta da pasta em “proporcionar aos atletas não apenas o aprendizado dos fundamentos relacionados ao futsal, mas também visando lhes oferecer uma formação para a vida em sociedade”.

        - O planejamento da administração do prefeito Bruno de Souza voltado às crianças e aos adolescentes, em todas as áreas essenciais do serviço público, entre eles, esporte, educação, saúde, assistência social e cultura, tem o objetivo de formar atletas, mas, ao mesmo tempo, trabalha muito no sentido de ajudá-los em seu crescimento pessoal e como cidadão. A palestra a respeito da importância da higienização das mãos esteve relacionada aos cuidados que podemos e devemos adotar com o objetivo de reduzir os riscos de transmissão de doenças – disse Willian.

        O diretor de esportes frisou os procedimentos indicados pela OMS para a higienização das mãos. Estes procedimentos foram informados aos alunos da escolinha de futsal do Mirandópolis. A Organização Mundial da Saúde orienta que as mãos devem ser lavadas, principalmente nas seguintes situações: antes de todas as refeições; após a utilização de vasos sanitários; depois de soar o nariz, tossir ou espirrar; após tocar em qualquer tipo de lixo; após usar qualquer modelo de transporte coletivo; depois do contato com qualquer tipo de ferida; ou após a visita a pessoas enfermas em hospitais ou qualquer outra unidade médica.

        Dados da própria OMS mostram ainda que o hábito de lavar as mãos permanentemente reduz em até 43 por cento, o risco de transmissão de doenças provocadas ou agravadas por diarreia, diminuindo também em 16 por cento, o risco de patologias respiratórias. Segundo ainda a Organização Mundial da Saúde, “nas cédulas de dinheiro existe grande quantidade de vírus, fungos e bactérias, daí a necessidade de higienizar as mãos sempre após ter contato com as notas”.

        As escolinhas do Mirandópolis e do Nossa Senhora do Rosário atendem, cada uma delas, 30 crianças e adolescentes de cinco a 15 anos de idade. Na quadra do bairro Mirandópolis, as atividades acontecem às segundas, quartas e sextas-feiras (9 às 10 horas) e às segundas e quartas-feiras (14 às 15 horas). No ginásio do bairro Nossa Senhora do Rosário, o horário de funcionamento é de 9 às 10 horas e de 14 às 15 horas (terças e quintas-feiras).