• Brasão Prefeitura de Quatis
  • Prefeitura
    de Quatis
Menu Principal

Notícias

Cota única do IPTU poderá ser paga com 12 por cento de desconto

Por em 21/05/2018

Principal fonte de receita própria da Prefeitura de Quatis, o IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) deverá gerar este ano a entrada de R$ 587.510,70 nos cofres municipais. A estimativa é da Secretaria Municipal de Fazenda, que iniciou nesta segunda-feira, dia 21, a distribuição dos carnês (foto) aos proprietários dos 5.509 imóveis cadastrados no Departamento de Tributos do Município, sendo 3.841 imóveis edificados (69,72 por cento do total) e 1.668 não construídos (30,28 por cento).

 Existem duas alternativas para o pagamento do imposto. Uma delas é a cota única. Quem escolher essa opção terá 12 por cento de desconto, desde que faça o pagamento até o dia 29 de junho. O IPTU poderá também ser parcelado em até seis parcelas sucessivas, a última com vencimento no dia 27 de dezembro deste ano. Só que, no caso do pagamento parcelado, o valor das mensalidades não poderá ser inferior a R$ 14,72 (montante corresponde a meia UFIQ – Unidade Fiscal de Quatis).

 Os carnês estão sendo distribuídos pelos próprios servidores do Departamento de Tributos, mas os proprietários que não os receberem até o dia 19 de junho deverão retirá-los neste próprio setor, que funciona no Centro Administrativo da Prefeitura de Quatis, de segunda a sexta-feira, entre 8 e 17 horas, sem intervalo para almoço. O pagamento poderá ser feito nas agências do Banco do Brasil, Caixa Econômica, Bradesco ou na casa lotérica do Município.

O prefeito Bruno de Souza (MDB) reafirmou o chamado à população no sentido de que pague em dia o IPTU, “pois o imposto tem contribuído diretamente para garantir os serviços essenciais à população, o pagamento em dia do funcionalismo e a realização de novos investimentos a favor dos próprios moradores da cidade”. Ao mesmo tempo, o prefeito fez um agradecimento aos proprietários de imóveis que, a julgar pelo resultado financeiro de 2017, “vem atendendo a este apelo da prefeitura”.

- No ano passado, o valor estimado da arrecadação proveniente do IPTU foi de R$ 413.128,32. Mas o montante arrecadado chegou a R$ 473.517,09. Isso significa mais de R$ 60 mil a mais do que o valor planejado. Embora as nossas maiores fontes de receita sejam as transferências do ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) e do FPM (Fundo de Participação dos Municípios), feitas, respectivamente, pelo governo estadual e o governo federal, a receita do IPTU tem uma importância significativa na composição do bolo orçamentário da prefeitura – disse o prefeito.

A expectativa da Secretaria Municipal de Finanças é de que, a exemplo do que normalmente ocorre todo ano, a maioria dos contribuintes opte pela cota única, cujo prazo de pagamento (29 de junho) não será prorrogado. Segundo estimativas da área financeira da Prefeitura de Quatis, no exercício de 2018 pelo menos 61 por cento dos contribuintes deverão optar por esta alternativa de quitação do imposto, gerando dessa maneira a entrada de R$ 477.842,03 nos cofres municipais até o final de junho.