Prefeitura de Quatis

Menu Auxiliar
Página Principal
Mapa do Site
Entre em Contato - Ouvidoria
Assessibilidade

SIGA-NOS

Twiter Facebook

Notícias

Contas atrasadas: fornecimento de água poderá ser suspenso a partir de janeiro Por em 11/09/2017

O fornecimento de água aos imóveis cujos responsáveis estiverem com as contas atrasadas poderá ser suspenso a partir de janeiro do próximo ano. Neste caso, a distribuição seria retomada somente após a regularização da dívida. Pelo menos ao longo dos últimos 12 anos, o valor da dívida ativa correspondente ao sistema de água e esgoto em Quatis é de 1.448.816,78. Os débitos poderão ser parcelados através do REFIZ (Programa de Incentivo à Regularização Fiscal do Município), cuja lei foi sancionada no mês passado, pelo prefeito Bruno de Souza.

        Segundo a legislação que permite o parcelamento dos impostos e taxas atrasados, os descontos sobre juros e multas poderão ficar entre 20 e 100 por cento, dependendo do período no qual o contribuinte fizer sua adesão ao REFIZ (01º de setembro a 30 de novembro e 01º a 29 de dezembro, ambos de 2017).  O secretário municipal de Obras, Urbanismo e Serviços Públicos, César Salazar, cuja pasta administra o sistema de água potável e coleta de esgoto, “a prefeitura depende diretamente do pagamento em dia das contas de água para realizar os investimentos necessários na captação, tratamento e distribuição de água aos moradores da cidade”.

        - Embora a produção de água hoje seja considerada suficiente para atender a população, precisamos realizar novos investimentos, pois o número de habitantes vem crescendo em Quatis, e novos loteamentos estão surgindo no Município. Além disso, a modernização do sistema de água e de esgoto está entre as prioridades do prefeito Bruno de Souza para o seu segundo mandato (2017-2020). Os novos investimentos são importantes para diminuir os riscos de problemas no abastecimento causados, por exemplo, pelos vazamentos na tubulação subterrânea, como ocorreu na semana passada – disse César Salazar.

        Outra ação no sistema previsto pela atual gestão do Município é a entrada em funcionamento de uma elevatória instalada próxima às instalações da antiga Cooperativa Agropecuária de Quatis, no bairro São Benedito. Para que a unidade comece a operar vão ser necessários novos investimentos, “daí a importância do recebimento dos recursos provenientes das contas de água e de esgoto”, conforme destaca o titular da Secretaria de Obras, Urbanismo e Serviços Públicos.

        A elevatória vai facilitar principalmente o abastecimento de água nos bairros situados acima da linha férrea, entre eles, Jardim Independência, Nossa Senhora do Rosário, Santa Bárbara, Santo Antônio, Alto das Quaresmeiras e Água Espalhada, além do próprio São Benedito.