Prefeitura de Quatis

Menu Auxiliar
Página Principal
Mapa do Site
Entre em Contato - Ouvidoria
Assessibilidade

SIGA-NOS

Twiter Facebook

Notícias

Casa da Criança realiza 520 atendimentos por mês Por em 19/04/2017

O prefeito Bruno de Souza (PMDB  frisou que, apesar de Quatis ter uma das mais baixas arrecadações do estado do Rio de Janeiro – o orçamento do Município correspondente ao exercício financeiro de 2017 é de aproximadamente R$ 56,3 milhões para todas as áreas – a “atual administração da cidade vem priorizando, dentro da disponibilidade financeira existente, os serviços essenciais destinados ao segmento da infância e adolescência”.

Na tarde desta terça-feira, 18, o prefeito de Quatis assinou em Resende o Termo de Adesão ao Prêmio Prefeito Amigo da Criança, cuja realização é da Fundação ABRINQ – Associação Brasileira dos Fabricantes de Brinquedos (ler reportagem nesta página).

Ele destacou, por exemplo, o atendimento da Casa da Criança (foto), que oferece atendimento especializado para crianças de zero a 14 anos de idade, nas áreas de pediatria, fonoaudiologia e psicologia. Mensalmente, a unidade realiza 520 atendimentos, entre consultas, vacinação, teste do pezinho e outros procedimentos. A Casa da Criança funciona de segunda a sexta-feira, de 8 às 17 horas, próximo ao Hospital São Lucas.

Bruno frisou ainda que, na área do ensino público, a Secretaria Municipal de Educação conseguiu atender, no começo deste ano, todas as crianças em idade de creche, por meio da entrada em funcionamento do anexo da creche do Jardim Pollastri. A outra creche se localiza no bairro Santa Bárbara.   

        Entre os compromissos assumidos pelo prefeito de Quatis através da assinatura do Termo de Adesão nesta terça-feira, estão as seguintes: desenvolver as políticas públicas de maneira planejada e integrada com outros segmentos organizados da sociedade, tornando realidade dessa maneira a rede de proteção integral às crianças e adolescentes; fortalecer a atuação do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente e do Conselho Tutelar, além de priorizar a alocação de recursos para o Fundo Municipal da Criança e do Adolescente.

        Na área da Saúde, os prefeitos que aderiram ao Programa Prefeito Amigo da Criança, devem ainda investir no acompanhamento pré-natal e nas ações de aleitamento materno, nutrição infantil e alimentação escolar.

       Por sua vez, no segmento da Educação, as metas estabelecidas são o acesso e a qualidade da educação infantil; e a garantia do ensino fundamental. Os prefeitos precisam atuar também na prevenção e combate à violência doméstica e sexual; erradicação do trabalho infantil; e na prevenção e proteção de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social.