Município propõe parceria com segmento agropecuário para recuperação de estradas

O
prefeito Bruno de Souza (PMDB) se reuniu recentemente com o
presidente da Cooperativa Agropecuária de Barra Mansa, Cláudio
Martini Meirelles. Durante o encontro, realizado na sede da entidade,
e que também contou com a presença do supervisor técnico da
cooperativa, Ralph Barcellos, Bruno iniciou conversações visando à
formalização de parcerias entre a prefeitura e a entidade pela
manutenção das estradas rurais de Quatis.


no ano passado, a cooperativa de Barra Mansa recebeu aproximadamente
2,3 milhões de litros de leite produzidos pelos produtores de
Quatis, o que representou uma média mensal de aproximadamente 185
mil litros. A cidade de Quatis tem cerca de 200 produtores rurais
cadastrados e a produção diária de leite no Município está hoje
na casa dos 22 mil litros. Já a extensão total das estradas rurais
do Município é de aproximadamente 350 quilômetros.

Uma
das ações conjuntas propostas pelo prefeito de Quatis é o apoio da
Cooperativa de Barra Mansa na doação de peças e pneus usados nas
máquinas e caminhões empregados toda semana, durante o trabalho de
conservação das estradas, principalmente nos serviços de
patrolamento e colocação de escória, além de transporte do
material usado na manutenção destas vias e na remoção de lixo e
entulho.

Segundo
Bruno, esta possível parceria vem sendo analisada em razão da
burocracia dentro da máquina pública, na tramitação dos processos
administrativos voltados à aquisição de materiais de consumo.


Normalmente, quando todos os procedimentos acontecem a contento, um
processo administrativo desta natureza pode levar até quatro meses
para ser concluído, a partir da abertura. Mas na prática as
estradas não podem esperar esse tempo todo. Afinal, elas precisam
ter condições de tráfego para o escoamento da produção
agropecuária, a circulação dos veículos do sistema de transporte
escolar e o próprio deslocamento dos moradores à zona urbana da
cidade – disse o prefeito.

Bruno
acredita que a formalização de parcerias neste sentido vai agilizar
a realização de reparos nas máquinas, cujas peças quebram e os
pneus estouram com muita frequência, obrigando muitas das vezes a
prefeitura a interromper temporariamente a realização do serviço
até que o conserto do equipamento seja providenciado. A paralisação
se torna ainda mais longa quando o conserto depende da conclusão do
processo de compra da peça danificada. Na semana passada, por
exemplo, a recuperação da estrada São Joaquim (Quatis) – Amparo
(Barra Mansa) precisou ser interrompida porque um dos pneus da
máquina patrol usada no serviço furou.

Os
dirigentes da Cooperativa Agropecuária do Município de Barra Mansa
sinalizaram positivamente ao pedido de apoio da Prefeitura de Quatis,
motivo pelo qual as conversações visando a concretização da
parceria continuarão sendo feitas, principalmente no que diz
respeito à formatação jurídica desta ação conjunta. O prefeito
de Quatis ressaltou ainda o compromisso demonstrado pela Cooperativa
de Barra Mansa a favor dos produtores rurais do Município, “daí a
confiança de que a parceria proposta será formalizada”.


O nosso governo não vai deixar de abrir processos para compra dos
materiais necessários ao funcionamento das máquinas e caminhões.
Só que, se a nossa proposta de parceria for concretizada, teremos um
caminho alternativo para acelerar os reparos nos equipamentos. A
Cooperativa Agropecuária de Barra Mansa sempre foi uma aliada
importante do Município de Quatis na busca de soluções para os
problemas enfrentados pelo segmento agropecuário, ao contrário de
outras empresas e entidades, que usam as estradas rurais do
Município, mas não demonstram nenhuma vontade de nos ajudar na
recuperação destas mesmas estradas – declarou.

Leave A Comment

Skip to content