Limpeza urbana é realizada em mais três bairros de Quatis

Dando continuidade ao trabalho permanente de
limpeza urbana da cidade, a prefeitura iniciou nesta semana mais uma etapa dos
serviços de conservação das vias públicas no Mirandópolis, bairro situado na
entrada do Município, para quem chega à cidade através da Rodovia RJ-159. Só no
primeiro dia de realização dos trabalhos, foram retirados seis caminhões de
entulho e lixo das ruas desta comunidade. Além deste serviço, a prefeitura vem
fazendo também a roçada e capina. Depois, haverá a pintura do meio-fio, na
mesma localidade.

        O prefeito Bruno de Souza
(PMDB) – que fez uma visita ao Mirandópolis na semana passada – salientou novamente
hoje a importância de a população manter as ruas, avenidas e praças da cidade
livre de detritos, “pois o acúmulo de lixo prejudica a imagem das comunidades e
aumenta os riscos de doenças, porque o ambiente com sujeira se torna propício à
proliferação de insetos e animais”.

        – A operação limpeza é
feita toda semana pela Secretaria de Obras, Urbanismo e Serviços Públicos da
Prefeitura de Quatis. Só no mês de junho, foram retirados quase 200 caminhões
de lixo e entulho em várias comunidades da zona urbana e da zona rural. Mas
faço um apelo à consciência de cada morador da nossa cidade: evite jogar lixo
na rua. Há casos em que a prefeitura tira o entulho num dia e no outro dia a rua
já está suja de novo, ou até mesmo no mesmo dia – disse Bruno.

        Na semana passada, as
equipes da Secretaria Municipal de Obras, Urbanismo e Serviços Públicos
realizaram a retirada de entulho e lixo das ruas dos bairros Bondarowsky e Água
Espalhada. A previsão é de que os trabalhos iniciados nesta semana, no Mirandópolis,
estejam concluídos até a próxima sexta-feira, dia 28.

        O próprio prefeito enumera
as consequências do acúmulo de lixo e entulho nas ruas, entre elas a propagação
de doenças, como leptospirose, febre tifoide, cólera, febre amarela e dengue; o
risco de inundações e até transbordamentos de rios, córregos e ribeirões; o
entupimento de bueiros e da rede de águas pluviais, fator preponderante para a
ocorrência de enchentes, principalmente durante o período das chuvas fortes.

        –
Atualmente, a prefeitura vem realizando a limpeza do Ribeirão dos Quatis,
através de uma parceria com o Governo do Estado do Rio de Janeiro. É importante
que os moradores dos bairros cortados por este manancial colaborem com a
limpeza das vias públicas, uma vez que o lixo jogado na rua naturalmente
acabará chegando ao leito do ribeirão, aumentando com isso mais uma vez os
riscos de transbordamentos. O poder público vem fazendo a sua parte, mas a
população precisa também colaborar – disse Bruno.

         

 

 

Leave A Comment

Skip to content