Informática: Prefeitura compra novos equipamentos para unidades de saúde

Aproximadamente R$ 172 mil
acabam de ser investidos pela Prefeitura de Quatis na aquisição de novos
equipamentos de informática para as unidades médicas que formam a rede de
atenção básica da Secretaria Municipal de Saúde. A informação é do prefeito
Bruno de Souza (MDB), segundo quem a compra dos equipamentos “visa agilizar o
funcionamento administrativo dos postos de saúde e o atendimento à população
através do SUS (Sistema Único de Saúde)”.

        A aquisição dos novos equipamentos foi realizada com recursos
do Ministério da Saúde liberados para a prefeitura por meio de emendas
parlamentares inseridas no orçamento da União. A inclusão das emendas ocorreu a
pedido do prefeito Bruno de Souza. As emendas que possibilitaram a compra são
de autoria do deputado federal Alexandre Serfiotis e do ex-deputado federal
Felipe Bornier, ambos do PSD. Bornier apresentou sua emenda durante a
legislatura 2015-2018. Atualmente, ele é secretário de Esportes, Lazer e
Juventude do Governo do Estado do Rio de Janeiro.

        – Nossos objetivos básicos ao autorizar a compra destes
equipamentos para as unidades médicas foram melhorar as condições de trabalho
dos servidores da saúde e tornar mais rápidos os procedimentos de atendimento
ao cidadão. Além disso, com a instalação dos equipamentos nas unidades de
saúde, trilhamos um passo importante em busca da implantação do prontuário
eletrônico dos moradores assistidos nas unidades – declarou o prefeito,
destacando novamente “o esforço do deputado Alexandre Serfiotis e do
ex-deputado Felipe Bornier junto ao Governo Federal em busca de melhorias a
favor da população quatiense nos serviços essenciais”.

        A diretora administrativa da Secretaria Municipal de Saúde,
Jaqueline Azevedo, informou que, entre outros equipamentos e acessórios, foram
adquiridos pela prefeitura, 59 computadores, mais de 30 impressoras, 11
notebooks, dez projetores com os respectivos telões e 11 roteadores. Pelo menos
50 por cento das unidades de atenção básica do Município já receberam os novos
equipamentos e a previsão é de que a instalação nos outros postos aconteça até
o final do ano. Na foto, a Clínica da Família, cuja localização fica no bairro
Nossa Senhora do Rosário.


Tanto as unidades de saúde da área urbana quanto aos postos situados na zona
rural do Município estão sendo contemplados com os novos computadores e demais
equipamentos de informática – disse Jaqueline, acrescentando que “no caso da
aquisição dos projetores e telões, a medida vai possibilitar a realização de atividades
educativas para a comunidade e de atividades voltadas à capacitação dos
profissionais lotados nas unidades de saúde de Quatis”.

Com
a instalação dos novos computadores nos postos da rede municipal de saúde, o
lançamento de dados a respeito do atendimento nas unidades em sistemas
interligados com o Ministério da Saúde vai ser ampliado. Entre estes sistemas,
estão o Sistema Nacional de Regulação, o E-SUS (Sistema Único de Saúde) e o
Programa Nacional de Imunizações.

Os
dois primeiros sistemas permitem o lançamento de informações a respeito de
consultas, procedimentos e tratamento de alta complexidade, entre outros dados.
Já através do sistema de imunizações, é possível ter o levantamento real sobre
a aplicação de vacinas em cidadãos de todas as faixas etárias, e de todos os
municípios brasileiros.

Em
menos de duas semanas, esta foi a segunda aquisição de novos equipamentos para
a Secretaria Municipal de Saúde anunciada pela Prefeitura de Quatis. No final
de julho, o Programa TFD (Tratamento Fora do Domicílio) recebeu duas vans zero
quilômetro, compradas pelo Município com recursos da ordem de R$ 360 mil,
também liberados mediante emendas parlamentares, aprovadas no orçamento do
Ministério da Saúde.

Uma
das emendas que permitiram a liberação dos recursos para a compra dos veículos
também é de autoria do deputado federal Alexandre Serfiotis (PSD). Já a outra
foi apresentada na legislatura passada da Câmara dos Deputados pelo ex-deputado
Marcelo Mattos (PHS). Cada uma das vans adquiridas tem capacidade para
transportar dez pacientes, sendo que três lugares são reservados aos cidadãos
com deficiência motora. 

         

Leave A Comment

Skip to content