Febre Amarela: Encontro definirá critérios para vacinação em Quatis

       Acompanhada pela coordenadora de imunização
do Serviço de Vigilância Epidemiológica da Prefeitura de Quatis, Aline
Campbell, a secretária municipal de Saúde, Ana Lúcia Galvão, participa nesta
quinta-feira, dia 09, do encontro regional promovido pela Secretaria de Saúde
do Estado do Rio de Janeiro. Durante o encontro, que acontecerá de 10 às 13
horas, na Faculdade de Medicina de Valença, vão ser definidos os critérios para
a vacinação contra a febre amarela nos cinco municípios incluídos ontem no
circuito do bloqueio da doença.

Além de Quatis
(foto), foram inseridas neste grupo as cidades de Valença, Rio das Flores,
Itatiaia e Resende. Com isso, subiu para 21 o número de municípios fluminenses
que formam o cinturão de bloqueio, todos situados em divisas com Minas Gerais,
Espírito Santo e/ou São Paulo, estados que registraram casos da febre amarela.
Quatis fica próximo ao município mineiro de Passa Vinte. A inclusão dos cinco
municípios do sul fluminense no grupo representa apenas uma medida preventiva,
já que até agora não existe nenhum caso suspeito ou confirmado da doença no
território do estado do Rio de Janeiro.

A secretária Ana
Lúcia Galvão explicou que após o encontro regional desta quinta-feira a
Prefeitura de Quatis vai divulgar um cronograma de vacinação, incluindo dias,
horários e locais. Antes da inserção do Município no circuito de bloqueio, a
prefeitura já vinha imunizando as pessoas residentes em Quatis com viagem
marcada para os estados considerados hoje de risco.

Essa vacinação
acontecia apenas na policlínica, mas diante da ampliação do grupo de cidades
inseridas no circuito de bloqueio, já está definido que a imunização vai ser
realizada também nas unidades do Programa de Saúde da Família em Quatis, os
quais se localizam nos bairros Mirandópolis, Jardim Polastri, Jardim
Independência e Nossa Senhora do Rosário.

– Dependendo que
for decidido na reunião de Valença, outras unidades de saúde da rede pública em
Quatis poderão ser incluídas na relação de locais para a vacinação. Certamente,
vão existir segmentos prioritários destinados à imunização. Vamos divulgar  todas as informações para os moradores de
Quatis, incluindo as famílias residentes na zona rural – declarou Ana Lúcia,
acrescentando que, inicialmente, serão vacinadas pessoas na faixa etária de
nove meses aos 60 anos de idade.

Leave A Comment

Skip to content