Em apenas seis horas, mais de cem pessoas são vacinadas contra febre amarela em Quatis

Um
total de 111 pessoas foi vacinado contra a febre amarela neste sábado, dia 20
de janeiro, na unidade do Programa Saúde da Família do bairro Jardim Independência.
O posto funcionou excepcionalmente de 8 às 14 horas com o objetivo de ampliar o
número de moradores imunizados. Normalmente, os módulos do Saúde da Família
ficam abertos de segunda a sexta-feira, entre 8 e 17 horas. A vacinação extra
no sábado, no Jardim Independência, atendeu moradores de todos os bairros da
cidade.

Titular
da Secretaria Municipal de Saúde, Ana Lúcia Galvão reafirmou que a abertura
desta unidade médica no dia 20 antecipou as ações planejadas pela Prefeitura de
Quatis para o “Dia D” de vacinação contra a febre amarela, que serão desenvolvidas
neste próximo sábado, 27 de janeiro, em todos os 92 municípios fluminenses, por
orientação da Secretaria de Saúde do Estado do Rio de Janeiro. A programação do
“Dia D” em Quatis já está sendo elaborada pela prefeitura e será divulgada até
a próxima quarta-feira.


Inicialmente, o nosso objetivo é realizar a vacinação no “Dia D” em todas do
Programa Saúde da Família da área urbana e nos postos médicos da zona rural. No
entanto, ressaltamos que, independente da programação prevista para este sábado,
a prefeitura já vem realizando a vacinação contra a febre amarela nas
comunidades urbana e rural desde o ano passado, motivo pelo qual já alcançamos
mais de 80 por cento do público alvo em nossa cidade – disse Ana Lúcia Galvão.

De
acordo com o mais recente boletim divulgado às 18 horas de sexta-feira passada,
dia 19 de janeiro, 14 casos de febre amarela do tipo silvestre já foram
registrados no estado do Rio de Janeiro, em 2018, nas seguintes cidades:
Valença (oito casos), Teresópolis (três), Nova Friburgo, Petrópolis e Miguel
Pereira (um registro, cada um destes três municípios). Deste total, quatro
pessoas morreram, sendo três na cidade de Valença e a outra em Teresópolis. O
vírus que transmite o tipo silvestre é encontrado em áreas de mata.


O número de casos em Valença nos levou a reforçar a vacinação nos primeiros 20
dias deste ano, nos distritos de São Joaquim e Falcão, que fazem divisa com
aquela cidade. É importante dizer que a febre amarela só é transmitida apenas através
da picada do mosquito, não sendo passada de pessoa para pessoa, ou de animal
para pessoa – declarou Ana Lúcia, acrescentando que todas as pessoas devem
procurar as unidades médicas para receber as doses do medicamento, “e não
somente as pessoas que forem viajar para as áreas consideradas de risco”.

Leave A Comment

Skip to content