Dia do Desafio terá atividades físicas no Centro de Quatis

Situada no Centro de
Quatis, a Praça Teixeira Brandão vai ser palco nesta quarta-feira, 29 de maio,
das atividades esportivas e de lazer relacionadas ao “Dia do Desafio”. Criado
em 1983, numa cidade do Canadá, o “Dia do Desafio” acontecerá em mais de três
mil municípios de diversos países do mundo, sendo nove deles situados na região
sul do estado do Rio de Janeiro. A programação no Município de Quatis se
iniciará às 8 horas, prolongando-se até às 17 horas. Todo e qualquer cidadão é
chamado a participar.

        Realizado pela prefeitura, por meio da Secretaria Municipal
de Esportes e Lazer, em parceria com o SESC de Barra Mansa (Serviço Social do
Comércio), o “Dia do Desafio” na Praça Teixeira Brandão vai ter as seguintes
atividades: oficinas de cordão de terrário (8 às 10 horas); orientações sobre a
saúde bucal (8 horas ao meio-dia); alongamento e ginástica laboral, alongamento
e ginástica laboral e brinquedos infláveis, estas três últimas, no horário de 9
às 17 horas. Na foto, uma atividade física destinada ao segmento da terceira
idade, na área central de Quatis.

        O tema da 25ª edição do “Dia do Desafio”, que transcorre
nesta quarta-feira, vai ser “Quando você
abraça o desafio, o bem-estar abraça você”.
O diretor de Esportes da
Prefeitura de Quatis, Willian Vilela, lembra que a proposta desta data “é
incentivar a prática regular de atividades físicas, proporcionando dessa
maneira às pessoas condições mais saudáveis de vida”.

        – Estaremos estimulando mais uma vez a população de Quatis a
dedicar pelo menos 15 minutos desta quarta-feira ao exercício físico, cuja
prática representa inúmeros benefícios ao bem-estar físico, mental e social das
pessoas – declarou Willian, lembrando que, além de Quatis, as prefeituras de
Angra dos Reis, Barra Mansa, Pinheiral, Porto Real, Rio Claro, Resende e Volta
Redonda também realizarão atividades na mesma data, “mediante ações conjuntas
com o SESC”.

        Uma pesquisa divulgada, no ano passado, pela OMS (Organização
Mundial da Saúde), mostrou que o sedentarismo (falta de atividades físicas)
causa anualmente cerca de 300 mil mortes no Brasil e mais de três milhões de
óbitos no mundo inteiro. O sedentarismo representa também um dos fatores
causadores de diversas doenças, como, por exemplo, hipertensão arterial
(pressão alta), dores articuladores, doenças cardiovasculares (entre elas,
acidente vascular cerebral e infarto), diabetes, cansaço constante, doenças
crônicas e estresse.

        Já uma pesquisa do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e
Estatística), realizada junto a pessoas que se disseram sedentárias, indicou
que 51 por cento dela não praticam atividades físicas por falta de tempo. Pouco
mais de 20 por cento dos entrevistados alegaram problemas de saúde e idade
avançada para não realizarem exercícios físicos, enquanto 13,9 reconheceram não
gostar e não ter vontade de se exercitarem.

        – O esporte e o lazer são dois segmentos de importância
primordial para que o cidadão tenha qualidade de vida, principalmente no que
diz respeito à preservação da saúde. Os especialistas são unânimes em afirmar
que a prática permanente de atividades esportivas diminui os riscos de doenças.
Segundo estes mesmos especialistas, o ideal é que cada pessoa se exercite pelo
menos por 30 minutos a cada dia, e 150 minutos por semana – frisou o diretor
municipal de Esportes, Willian Vilela.

Comentários do Facebook

Leave A Comment

Skip to content