Dengue: mutirão de limpeza acontece em mais 13 bairros

      Iniciado nesta segunda-feira, dia 13, nos bairros Bondarowscky (foto) e
Jardim Polastri, o mutirão de limpeza contra a dengue em Quatis prossegue
amanhã, terça-feira, 14, em mais três comunidades da área urbana: Mirandópolis,
Barrinha e Pilotos. A medida faz parte das ações promovidas pela prefeitura visando
diminuir os riscos de formação de focos do mosquito transmissor da doença no
Município.

O mutirão será realizado diariamente até a próxima
segunda-feira, 20 de fevereiro, exceto no sábado e domingo, em todos os bairros
da área urbana. A partir de quarta-feira, o recolhimento de lixo e entulho será
feito nos seguintes dias e localidades:
quarta-feira,
dia 15
(São Benedito / Santo Antônio); quinta-feira, dia 16
(Nossa Senhora do Rosário / Alto Paraíso); sexta-feira,
dia 17
(Jardim Independência / Santa Bárbara / Alto das Quaresmeiras) e segunda-feira, dia 20 (Centro/ Boa
Vista / Água Espalhada).

Embora ainda não tenha sido registrado nenhum caso da doença no
Município neste ano, o prefeito Bruno de Souza (PMDB) determinou o reforço nas
medidas de prevenção, “como forma de continuar alcançando os resultados
positivos no combate à doença”.

Além do mutirão, os
agentes sanitários realizam periodicamente as visitas aos imóveis residenciais,
comerciais e públicos do Município, de forma que cada propriedade seja
inspecionada pelo menos uma vez a cada dois meses. Dependendo da necessidade,
as visitas acontecem em um espaço menor de tempo. Atualmente, dez agentes
sanitários trabalham na orientação aos moradores e na eliminação de possíveis
focos do mosquito transmissor. Existindo a localização de larvas em algum
local, as amostras são coletadas e examinadas posteriormente no laboratório da
própria Secretaria Municipal de Saúde.

Dos 20 focos
detectados durante as inspeções ocorridas nas últimas semanas, a maioria deles
foi constatada no bairro Bondarovsky (13 focos), seguido pelos bairros Jardim
Polastri (quatro), Água Espalhada, Jardim Independência e Mirandópolis (um
foco, em cada uma destas três comunidades). A maioria dos focos estava em
recipientes de água para animais domésticos, vasos de planta, piscina e
garrafas velhas.

O supervisor de ações
contra dengue em Quatis, Fernando Pedro, reconhece que o número de focos
detectado na área urbana é muito pequeno diante da quantidade de imóveis
situados nesta região da cidade: 6.509. No entanto, ele ressalta que a
população deve continuar trabalhando de maneira conjunta com o poder público,
evitando acumular recipientes que costumam acumular água parada.

Segundo Fernando
Pedro, as inspeções feitas desde o começo do ano mostraram que 90 por cento dos
focos se encontram dentro das residências, “motivo pelo qual a prefeitura
reforça novamente o chamado aos moradoresno sentido de aumentem ainda mais os
cuidados contra a doença”.

– Podemos concluir que
a população vem colaborando com a prefeitura nesta verdadeira cruzada contra a
dengue, o que é demonstrado pelo número pequeno de focos localizados até agora.
Mas os cuidados precisam ser intensificados sempre, até porque ainda estamos na
época do ano em que o volume de chuvas costuma ser maior. Quanto mais chove,
mas água pode ficar acumulada. É importante sempre estar lembrando que a luta
contra a dengue se constitui em um dever das autoridades públicas, mas também
de todo e qualquer cidadão – disse.

Fernando Pedro reforço
também o chamado à população para que, durante o mutirão de limpeza iniciado
nesta semana, coloque o lixo e o entulho no portão de casa, garantindo dessa
maneira o recolhimento imediato pelos caminhões e máquinas da prefeitura. O
supervisor lembrou que, na semana passada, funcionários públicos de várias
secretarias municipais e voluntários percorreram todos os bairros urbanos
distribuindo cópias do calendário do mutirão aos moradores de Quatis, “de porta
em porta”.

 

Leave A Comment

Skip to content