Defesa Civil controla queimadas na estrada para Falcão


Com
o auxílio de um caminhão pipa, agentes da Defesa Civil do Município
controlaram (foto), no fim de semana, três focos de queimadas
registrados simultaneamente às margens da Rodovia RJ 159, no trecho
entre o Bairro Pilotos, na região urbana, ao distrito de Falcão,
que fica na zona rural de Quatis. Nos três pontos afetados, um deles
próximo à comunidade de Joaquim Leite, o fogo destruiu mais de 500
metros de vegetação.

Essa
ocorrência levou a Secretaria Municipal de Meio Ambiente a reforçar
o chamado feito inicialmente, na segunda quinzena de maio, contra a
realização de queimadas, principalmente na estiagem, período no
qual esse tipo de problema costuma ser mais comum. Em razão dos
registros da semana passada, na estrada de acesso ao distrito de
Falcão, a titular da pasta, Édna Azevedo, disse que a prefeitura
vai intensificar ainda mais a fiscalização para impedir a
ocorrência.

Ela
afirmou também que “a população deve denunciar imediatamente às
autoridades competentes qualquer sinal de queimadas ou incineração
de lixo”. As denúncias podem ser feitas através do telefone
3353-2918 ou pessoalmente, nas próprias instalações da Secretaria
Municipal de Meio Ambiente, que se localizam no Centro Administrativo
da Prefeitura de Quatis. O atendimento ao público acontece de
segunda a sexta-feira, de 8 às 17 horas, sem intervalo para almoço.


Lamentamos a ocorrência destes três casos às margens da Rodovia
RJ-159, ainda mais que eles aconteceram justamente ainda dentro da
Semana Mundial do Meio Ambiente, e dias após a prefeitura ter
divulgado um chamado contra a realização das queimadas – disse
Edna, lembrando que as queimadas não só prejudicam o meio ambiente,
“mas acarretam também danos à saúde das pessoas e provocam
transtornos aos próprios produtores rurais, uma vez que o problema
diminui a qualidade do solo”.

Pelo
Código Ambiental do Município de Quatis, o valor da multa para quem
atear fogo em pastos ou incinerar lixo pode variar de uma a três
UFIQS (Unidades Fiscais do Município) por cada metro quadrado
destruído. Cada UFIQ está estipulada atualmente em R$ 28,44. Por
sua vez, de acordo com a legislação federal, as punições vão de
multa no valor aproximado de R$ 6 mil até a prisão pelo período de
seis anos.

Leave A Comment

Skip to content