Conferência do Idoso: Prefeitura destaca ações no esporte, na cultura e na assistência social

O prefeito Bruno de Souza
(MDB) – que participou na manhã desta quinta-feira, 30, da 3ª Conferência
Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa (foto) – reafirmou os projetos de
esporte, cultura e lazer para o segmento da terceira idade como uma das
prioridades da sua administração.

Ele
citou algumas das ações já em andamento com esse objetivo pela administração
municipal, entre eles os projetos de ginástica, caminhada orientada, as ações
realizadas através das duas unidades do CRAS (Centro de Referência de
Assistência Social) e o “Música Para Todos”, ação de inclusão social implantada
pela prefeitura, em 2017, que tem a participação de alunos com mais de 60 anos
de idade, entre outras iniciativas. O “Música Para Todos” oferece aulas de violão,
violino e violoncelo.

        – O nosso trabalho, desde quando assumimos a Prefeitura de
Quatis pela primeira vez, em janeiro de 2013, tem sido também no sentido de
garantir o atendimento médico preventivo, ambulatorial e especializado para os
idosos na área de saúde pública ao idoso. Mas por outro lado, entendemos que a
realização de atividades voltadas ao lazer das pessoas com mais de 60 anos de
idade também devem ser prioritárias, motivo pelo qual sempre demos atenção toda
especial aos programas de inclusão social para a terceira idade – afirmou o
prefeito.

        Em seu pronunciamento, na cerimônia de abertura da
Conferência da Pessoa Idosa, o prefeito frisou que “os idosos têm direito e
merecem receber em todos os setores essenciais do poder público todo o
reconhecimento em razão da participação importante deles no desenvolvimento de
Quatis e no dia a dia da cidade”. Para Bruno de Souza, “o poder público deve
assegurar não apenas ações voltadas à saúde da terceira idade, mas também de
ações que assegurem o bem-estar físico, mental e emocional das pessoas idosas”.

        – As atividades esportivas e de lazer são fundamentais para o
cotidiano dos idosos, que ao longo de suas vidas, muitos já fizeram por todos
nós, seja no âmbito familiar, no segmento profissional e no dia a dia da nossa
cidade. Um dia todos nós vamos chegar à terceira idade. E certamente vamos
querer ser respeitados e valorizados pela nossa história de vida. Portanto,
devemos começar desde já a respeitar e valorizar as pessoas com mais de 60 anos
de idade – declarou o prefeito.

        Um levantamento da OMS (Organização Mundial da Saúde)
recomenda a prática de atividades físicas por parte dos idosos pelo tempo de
150 minutos semanais (exercícios moderados) ou 75 minutos por semana (exercícios
mais intensos).

Entre
os benefícios proporcionados à terceira idade pela prática regular de
exercícios físicos estão os seguintes: aumento da massa muscular,
fortalecimento dos músculos de todo o corpo, melhoria do equilíbrio, prevenção
contra a osteoporose (doença causada pela fraqueza dos ossos), diminuição das
doenças relacionadas às articulações e auxílio importante no controle da
obesidade, do diabetes, da hipertensão arterial (pressão alta) e na prevenção
de doenças cardiovasculares. Outro resultado positivo é a liberação de
serotonina (neurotransmissor das sensações da felicidade e do bem-estar).

A
cerimônia de abertura da 3ª Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa,
na manhã desta quinta-feira, contou também com as presenças dos secretários
municipais Rosana de Almeida (Assistência Social e Direitos Humanos) e Adriano
Palmas Veras (Governo); a presidente do Conselho dos Direitos da Pessoa Idosa
do Município, Nanci Dulci; do presidente do Conselho Municipal de Saúde, José
Darci; do presidente da FAMAQ (Federação das Associações de Moradores de
Quatis), Everaldo Santana; e do presidente da Associação de Moradores do
Distrito de Santana, João Paulo; e dos advogados Francisco Demétrio e
Alessandra Resende. Os advogados ministraram a palestra sobre o tema da
conferência, que foi “Os desafios de envelhecer no século XXI e o papel das
políticas públicas”

 

Leave A Comment

Skip to content