Casa da Mulher promove encontro sobre aleitamento materno

        A
importância do aleitamento materno para a saúde do bebê será o tema de um
encontro promovido pela Secretaria Municipal de Saúde, através da Casa da
Mulher (foto), que acontece nesta sexta-feira, dia 23, de 14 às 16 horas. A
Casa da Mulher se localiza na Rua Olavo Castro Lobo 47, no bairro Bondarovsky.
Segundo a coordenadora da unidade, enfermeira Ana Paula dos Santos, o encontro
desta sexta-feira se destina principalmente às gestantes atendidas no local e às
mulheres que estiverem amamentando.

        A realização do encontro faz parte das
atividades relacionadas ao Mês do Aleitamento Materno, que foi instituído pelo
Governo Federal há dois anos, por meio da lei número 13.345/2017. Por ser
considerado pela OMS (Organização Mundial da Saúde) um “alimento de ouro” para
a saúde dos bebês, com até seis meses de vida, o Mês do Aleitamento Materno
passou a ser chamado “Agosto Dourado”. As informações às gestantes e as
puérperas (mulheres que deram à luz ao longo dos últimos 45 dias), durante o
encontro na Casa da Mulher, vão ser transmitidas pela própria enfermeira Ana
Paula dos Santos, e a fonoaudióloga Cristiane Campbell, da rede municipal de
saúde.

        A Secretaria Municipal de Saúde reforça
a importância do leite materno como “um alimento rico em vitaminas, minerais,
cálcio e gorduras benéficas, que ajuda a prevenir algumas doenças no bebê,
entre elas diarreia, anemia, infecções respiratórias, alergias, obesidade e
diabete”. Esse tipo de alimento ajuda o bebê também no movimento dos músculos e
dos ossos da face, promove flexibilidade na articulação das estruturas que
estimulam a fala, contribui para o desenvolvimento psicomotor e emocional,
facilita a oxigenação das estruturas faciais da criança; melhora a digestão, minimiza
as cólicas; e fortalece o relacionamento com a mãe, transmitindo mais
segurança, carinho e amor ao bebê.

        De acordo ainda com a Secretaria de
Saúde da Prefeitura de Quatis, “é recomendável que, após os seis meses de vida,
e até os dois anos de idade, o bebê continue recebendo o aleitamento materno,
mas desta vez com o reforço de frutas, verduras, legumes e cereais”.

O
aleitamento materno proporciona benefícios também às mães, entre eles, o
retorno do corpo ao tamanho normal mais rapidamente, a diminuição do
sangramento após o parto, o fortalecimento do vínculo afetivo com o filho, a
prevenção contra doenças cardiovasculares, câncer de mama e de ovário e  a osteoporose, entre outros.

Cerca
de 200 mulheres são acompanhadas todo mês pela Casa da Mulher, cuja equipe de
profissionais para o atendimento às pacientes é formada por um médico
ginecologista-obstetra; três médicas encarregadas da realização de exames; uma
enfermeira; uma técnica de enfermagem e uma recepcionista. O número de mulheres
atendidas na Casa da Mulher inclui as pacientes que fazem o pré-natal na
Clínica da Família (bairro Nossa Senhora do Rosário), além das unidades médicas
dos bairros Mirandópolis, Jardim Independência, Jardim Pollastri. A Clínica da
Família atende também as pacientes dos distritos de Falcão e São Joaquim, as
quais são acompanhadas na Casa da Mulher.

              

Leave A Comment

Skip to content