Carnaval de Quatis atrai milhares de pessoas e é um dos mais animados da região

      Para o prefeito Bruno de Souza (PMDB), o
carnaval 2017 em Quatis “foi de muita animação, homenagens e a certeza do dever
cumprido no que diz respeito à cultura enquanto direito essencial da
população”. Lembrando que a prefeitura diminuiu praticamente pela metade os
custos com a organização da festa este ano, investindo a economia na compra de
medicamentos e na recuperação de ambulâncias, Bruno afirmou que “a
administração mostrou ser possível fazer um bom carnaval e ao mesmo tempo
garantir os serviços essenciais à população, sem afetar o brilho do evento”.

        Além
dos bailes populares realizados a partir das 22 horas, de sexta-feira, dia 24,
à madrugada da quarta-feira de cinzas, 01 de março, os quais atraíram uma média
diária de dez mil pessoas (foto), segundo cálculos da segurança do evento, o
desfile dos blocos carnavalescos levou muita alegria, diversão e samba de raiz
para a passarela da Avenida Nossa Senhora do Rosário. Já na Praça Teixeira
Brandão, palco dos acontecimentos culturais, políticos e históricos do
Município, as matinês promovidas nas tardes de domingo e terça-feira
proporcionaram a mesma animação para as crianças.

        –
Nos quatro anos anteriores, de 2013 a 2016, o custo médio do carnaval de Quatis
ficou em aproximadamente R$ 130 mil por ano. Já em 2017, aplicamos R$ 68 mil na
organização do evento. Mas a redução de quase 50 por cento nesta despesa não
tirou o brilho do carnaval. A prefeitura conseguiu proporcionar cinco dias de
muita diversão para milhares de pessoas, mas especialmente para o povo de
Quatis. Deixo o meu agradecimento a cada um que, direta ou indiretamente,
ajudou no sucesso da festa, incluindo as pessoas que vieram para a rua brincar
o carnaval, moradores de Quatis e moradores de outros municípios – disse Bruno.

        A
programação do carnaval de Quatis em 2017 foi aberta já na sexta-feira, com a
apresentação dos blocos Amigos da Banda e da Feliz Idade. Este último é formado
por idosos atendidos pelas unidades do CRAS (Centro de Referência de
Assistência Social). Já nos quatro dias seguintes, mais seis blocos desfilaram
pela Avenida Nossa Senhora do Rosário, quatro dos quais concorreram ao título
de campeão do concurso de blocos carnavalescos.

        O
Bloco Flatis conquistou o primeiro lugar, seguido pelas agremiações Dinâmica do
Corpo e Pinga na Tenda (segunda e terceira colocações, respectivamente). A
entrega dos troféus aos três primeiros lugares ocorreu na noite de terça-feira,
no palco principal. Depois de receber a premiação, o bloco Pinga na Tenda desfilou
novamente, atravessando toda a extensão da Avenida Nossa Senhora do Rosário,
desde a esquina com a Praça Getúlio Vargas até a esquina com a Praça Teixeira
Brandão.

        A
noite de terça-feira foi marcada ainda pela homenagem aos agraciados com o
título de “Destaque Quatiense do Ano”, honraria concedida anualmente pela
Prefeitura de Quatis, sempre durante o carnaval, aos moradores da cidade que,
ao longo da história do Município, contribuíram com a vida cultural,
comunitária e histórica da cidade.

        Em
2017, foram agraciados com o título
José Máximo (Varinha), folião
tradicional da cidade e autor do livro Nos
Carnavais da Vida
; Maria de Souza Silva, a dona Tinita, fundadora do Grêmio
Recreativo Mocidade Independente da Biquinha; Ricardo Sales Fonseca, outro carnavalesco
tradicional de Quatis. Os três receberam a homenagem no palco principal, por
volta das 23 horas.

        A relação de agraciados neste ano com o título “Destaque
Quatiense” incluiu também Nair Maria da Conceição Paixão e Júlia Maria
Esperança da Conceição, ambas líderes comunitárias na comunidade quilombola de
Santana, além de Manoel Lançoni, o seu Neguinho, fundador da Escola de Samba do
bairro São Benedito.

       

 

 

 

Comentários do Facebook

Leave A Comment

Skip to content