Biometria: prefeitura realiza agendamento para moradores com dificuldades de acesso à internet

Por determinação do
prefeito Bruno de Souza (MDB), a Secretaria Municipal de Assistência Social e
Direitos Humanos inicia nesta segunda-feira, dia 26, o agendamento para o
cadastramento biométrico destinado principalmente aos eleitores da cidade com
dificuldades de acesso à internet. O agendamento no Centro Administrativo do
Município poderá ser realizado de segunda a sexta-feira, de 13h30m às 16h30m,
mediante a apresentação do documento de identidade e do título de eleitor. Uma
vez marcado o dia do cadastro, os eleitores deverão se dirigir ao cartório de
Porto Real, na data e horário agendados.

        O prefeito explica que o agendamento no primeiro andar do prédio
da administração municipal (foto) amplia a parceria firmada entre a prefeitura
e a justiça eleitoral no sentido de cadastrar os dados biométricos dos
eleitores da cidade até o dia 01º de dezembro, prazo estabelecido para a coleta
das informações. O cadastro biométrico é proveniente de uma determinação do
Tribunal Superior Eleitoral e tem como objetivo aumentar a segurança no
processo de votação e a identificação dos eleitores.

        – A nossa administração está disponibilizando o agendamento
nas instalações da prefeitura no sentido de facilitar este procedimento aos
eleitores que têm dificuldades de acessar a internet, especialmente no caso dos
moradores da zona rural. É importante frisar que a prefeitura vai agendar o dia
e o horário do cadastramento biométrico junto à página na internet do Tribunal
Regional Eleitoral. A partir deste agendamento, os eleitores saberão o dia e o
horário nos quais a coleta vai ser efetivada no cartório de Porto Real –
declarou o prefeito, lembrando que o agendamento só pode ser feito por meio do
endereço eletrônico do TRE (
www.tre-rj.jus.br).

        Para informar os moradores da zona rural sobre o agendamento
na Prefeitura de Quatis, a Secretaria Municipal de Assistência Social e
Direitos Humanos divulgará a realização deste serviço através da unidade
volante do CRAS (Centro de Referência de Assistência Social), que toda semana
presta serviços às famílias daquela região na área de assistência social. Além
disso, segundo a diretora de Proteção Básica da pasta, Irenia Roselena, a
informação vai ser propagada também nos postos de saúde e nas escolas dos distritos
de Falcão e São Joaquim, e nas escolas municipais de Joaquim Leite e Santana,
que também se localizam na área rural de Quatis.

        A parceria entre a Prefeitura de Quatis e a justiça eleitoral
visando à realização da coleta de dados dos eleitores da cidade foi firmada no
final de julho. Desde o começo de agosto, a prefeitura vem informando a
população sobre o levantamento em suas mídias digitais (página na internet e no
facebook); mediante a produção de reportagens para os meios de comunicação
social com alcance no Município, especialmente jornais impressos, canais de
televisão e emissoras de rádio; e a afixação de cartazes informativos em
escolas municipais, postos de saúde e outras repartições públicas da cidade.

        – Dois agentes da Secretaria de Assistência Social e Direitos
Humanos do Município estarão à disposição dos eleitores de Quatis no prédio da
prefeitura para agendar o cadastramento no cartório de Porto Real. Antes do
agendamento em si, os agentes vão verificar na própria página do TRE se os
dados do eleitor ainda não foram coletados na eleição do ano passado. Isso
porque, muitas pessoas, quando se dirigiram às seções eleitores durante o
pleito de 2018, já tiveram os seus dados coletados. Se a biometria já tiver de
fato ocorrida, não existe a necessidade do cadastramento em Porto Real – disse Irênia,
frisando que quem não se cadastrar perderá o título de eleitor, ficando,
portanto, impedido de votar nas próximas eleições.

       

 

 

 

        

 

Leave A Comment

Skip to content