Aposentado recebe Prêmio Ambiental pelo plantio de árvores na cidade

Ele nasceu em 1943 no
distrito de Amparo (Barra Mansa), mas veio para Quatis com apenas dois anos de
idade. Há duas décadas, se aposentou e começou a fazer caminhadas pela Rodovia
RJ-159. Foi quando constatou que as muitas árvores existentes, próximo à
encruzilhada do bairro Pilotos em direção a Falcão, eram cortadas. A situação
lhe incomodou bastante e o fez assumir um compromisso: a partir daquele dia,
ele iria plantar mudas árvores às margens da rodovia.

        Valter Guilherme Xavier calcula ter plantado mais de 130
árvores no Município desde o final da década de 1990. O seu amor e a sua ação
concreta em defesa do meio ambiente lhe valeu a concessão do “Prêmio Ambiental”,
cuja entrega aconteceu na noite desta quarta-feira, dia 18, numa cerimônia
realizada no auditório da Prefeitura de Quatis.

O “Prêmio
Ambiental” foi criado este ano pelo CULTUPPHAQ (Conselho Municipal de Cultura,
Turismo e Preservação do Patrimônio Histórico e Ambiental de Quatis) e o CODEMA
(Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente), através de uma proposição da
arquiteta Patrícia Vieira de Oliveira Souza, uma das conselheiras do
CULTUPPHAQ.

A indicação
do nome do aposentado Valter Guilherme Xavier para ser o primeiro a receber a
honraria teve a aprovação de membros dos dois conselheiros. Anteriormente, o
agraciado já havia sido homenageado com uma “Moção Honrosa” concedida pela
Câmara Municipal de Quatis.

O
agraciado Valter Guilherme Xavier recebeu uma placa, um certificado e uma muda
de árvore frutífera na cerimônia de entrega do “Prêmio Ambiental”, que teve as
presenças da presidente do CULTUPPHAQ, professora Helena Fabiano Teixeira
Leite, dos conselheiros Patrícia Vieira e Jailson Batista, além do secretário
municipal de Governo, Adriano Palma Veras. Patrícia, Helena e Jailson formam o
grupo de trabalho que coordena todos os processos voltados à premiação. Na foto,
da esquerda para a direita, a professora Helena; a esposa do homenageado, dona
Regina; e o agraciado.

De
acordo com as regras estabelecidas para a concessão do Prêmio Ambiental, que
tem como objetivo básico valorizar pessoas cujas ações “trouxeram benefícios
diretos na preservação do meio ambiente e para a sociedade”, a entrega da
honraria deve ser realizada sempre nos meses de março, junho, setembro e
dezembro, mediante aprovação do nome do homenageado pelo CULTUPPHAQ e o CODEMA.

A
dedicação do agraciado Valter Guilherme Xavier à conservação do meio ambiente
não se limitou ao plantio das árvores, no acostamento da Rodovia RJ 159, mas sempre
foi seguida por outras atitudes que comprovam ainda mais o seu amor ao meio
ambiente, entre elas, a irrigação das mudas plantadas, feita com água que ele
leva armazenada em garrafas pet, no seu próprio carro; e a criação de um
viveiro na sua residência, onde produz sementes e mudas.

Informado
da concessão do “Prêmio Ambiental”, o prefeito Bruno de Souza (MDB) parabenizou
o agraciado e disse que “as suas ações em favor da preservação ambiental se
constituem num exemplo de exercício da cidadania para todos os moradores de
Quatis”. Bruno manifestou ainda os seus cumprimentos ao CULTUPPHAQ e ao CODEMA
pela criação da honraria:


É motivo de grande satisfação tomar conhecimento de iniciativas realizadas pelo
senhor Valter Guilherme Xavier, que se constituem em ações de fundamental
importância na preservação da qualidade de vida da população do nosso
Município. As iniciativas do homenageado representam também exemplos
verdadeiros de amor à cidade de Quatis. Estendo minhas saudações ao Conselho
Municipal de Cultura, Turismo e Preservação do Patrimônio Histórico e Ambiental
de Quatis e ao Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente pala criação da
honraria – declarou o prefeito.

Comentários do Facebook

Leave A Comment

Skip to content