Adolescentes do Produtor Mirim visitam empresa no polo industrial

Uma
das ações de inclusão social para o segmento da infância e adolescência
realizadas pela Prefeitura de Quatis, sob a coordenação da Secretaria Municipal
de Assistência Social e Direitos Humanos, o Programa Produtor Mirim chegará a maio
com 180 adolescentes formados ao longo dos últimos quatro anos.

A
informação foi destacada na manhã desta terça-feira, dia 25 de abril, pelo
prefeito Bruno de Souza (PMDB), ao destacar a visita feita por integrantes do
projeto às instalações da BMB Mode Center (foto), empresa localizada no polo
industrial de Resende e parceria da Man Latin América. Instalada no sul
fluminense há 15 anos, a BMD trabalha na adaptação de veículos segundo
especificações  encaminhadas pelos
clientes da montadora.

        Bruno frisou a importância do Produtor Mirim para “o
aprendizado de estudantes do Município sobre técnicas agrícolas e a formação
deles enquanto cidadãos para a vida em sociedade”.

Durante
o tempo de permanência no programa – que é de até 12 meses – os produtores
mirins recebem orientações sobre o plantio de verduras e legumes, além de
noções sobre cidadania, meio ambiente, saúde e temas relacionados às crianças e
aos adolescentes, entre os quais gravidez na adolescência, prevenção contra
drogas e riscos da dependência do álcool para a saúde, a vida familiar e a
convivência social.

        – O Produtor Mirim ganha a cada ano uma importância ainda
maior diante da necessidade de proporcionar iniciativas de inclusão social para
as crianças e adolescentes residentes em Quatis. Temos a consciência de que os
programas desta natureza não apenas contribuem para o aprendizado deste
segmento da população e têm um papel primordial na formação do caráter de cada
um dos estudantes matriculados no projeto – disse o prefeito.

        A visita dos produtores mirins às instalações da empresa BMD
Mode Center aconteceu na semana passada e teve o objetivo de prepará-los para a
conquista de uma vaga no mercado de trabalho. Recentemente, os atuais
integrantes do programa participaram da “Oficina Mundo do Trabalho”, através da
qual tiveram informações relacionadas ao mercado de trabalho no país e na
região.


Os adolescentes conheceram na prática o aprendizado recebido durante a oficina
realizada pela prefeitura, através do programa Produtor Mirim. Entre outros
ensinamentos transmitidos aos integrantes do Produtor Mirim pelos
representantes da empresa estiveram os comportamentos corretos que eles devem
ter durante uma entrevista de emprego e os procedimentos necessários na
elaboração de um currículo profissional – detalha a secretária municipal de
Assistência Social e Direitos Humanos, Rosana de Almeida.

        Para fazer parte do Programa Produtor Mirim, da Prefeitura de
Quatis, os adolescentes precisam estar matriculados em alguma escola da rede
pública. As atividades no projeto são desenvolvidas no contra-turno do horário
escolar, nos horários de 8h30m às 10h30m e de 13h30m às 15h30m. Cada
adolescente recebe todo mês o valor aproximado de R$ 115,00 a título de
auxílio.

A
produção de hortaliças, que acontece em duas áreas de horta, uma às margens da
Avenida Euclides Guimarães Cotia, na entrada da cidade, e a outra no Jardim
Pollastri, próximo à APAE (Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais), é
doada para os próprios integrantes do projeto e famílias atendidas pelas duas
unidades do CRAS – Centro de Referência de Assistência Social (Jardim
Independência e Centro), instituições que coordenam o cadastramento dos
adolescentes para o projeto.

Entre
os atuais integrantes do Produtor Mirim, estão crianças e adolescentes
residentes nos bairros Jardim Independência, Nossa Senhora do Rosário, São
Benedito, Alto das Quaresmeiras, Centro, Jardim Pollastri, Bairro Pilotos,
Santana e Falcão, as duas últimas situadas na área rural.

Leave A Comment

Skip to content